Jefferson Portela participa de encerramento de curso de Conhecimento Estratégico em Imperatriz

Almejando ampliar a qualificação e o constante aprimoramento contra a dinâmica social do crime, o secretário de segurança pública Jefferson Portela participou do encerramento do curso de Conhecimento Estratégico realizado para 65 policiais de diferentes corporações. A realização do curso promovido pelos Comandos de Policiamento de Área do Interior 3 e 6 da região de Imperatriz aconteceu nos dias 23,24 e 25, visando desenvolver ações de inteligência foi proferida pelo Professor e ex-chefe da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Raimundo Teixeira de Araújo, visando o aprimoramento do policial, contra as ações criminosas na região tocantina.

Durante a palestrante, o professor Raimundo Teixeira que está há 35 anos no serviço de Inteligência, e é professor da Escola Superior do Rio de Janeiro, e também responsável na formação de profissionais da Escola de Inteligência da Presidência da República; demonstrou exemplos de ações operacionais onde aconteceram a negociação e a interferência de grupos de inteligências para neutralizar cada situação emergencial.

A palestra contou com um grupo seleto de participantes, onde o professor usou uma metodologia, utilizando vários exemplos de operações, sendo necessárias ações coordenadas pelo Serviço de Inteligência, de forma imprescindível para o seu sucesso e ou o seu fracasso. Ele disse ainda, que é preciso dar a devida importância necessária, no sentido de se investir no serviço de inteligência para que possa haver a coleta de informação e a produção de conhecimento para ser disponibilizado para o analista de inteligência, para que as operações possam ser realizadas com o devido interesse estratégico. O ex-chefe da ABIN Raimundo Teixeira ressaltou ainda, “Que os policiais precisam ter uma mentalidade de inteligência na sua aplicação para com as suas atividades diárias de combate ao crime, dentro das normas de doutrinas que prescrevem a atividade de inteligência”.

Durante o curso, o secretário de segurança pública Jefferson Portela, esteve presente no curso, onde destacou que “O curso é muito relevante, sendo ministrado pelo professor Teixeira, que é mestre em conhecimentos gerais, e notadamente de inteligencia de segurança. Outros cursos virão na área operacional, de inteligencia e de segurança, pois o crime quando é projetado, pensado por uma engenharia criminosa, devemos estar à frente e combater à altura. Está é uma das missões da Inteligência Estratégica”, enfatizou o secretário.

Dando prosseguimento, o Comandante, o Cel. Frederico Pereira falou “Quero agradecer pela preocupação dos comandantes em realizarem o curso de Conhecimento Estratégico e entendo que é um setor extremamente vital para uma instituição como a nossa. Quero parabenizar os alunos, os instrutores e toda essa gama de conhecimento, os quais os senhores e senhoras adquiriram para colocar em prática, para que possamos oferecer um  serviço de qualidade contra as ações criminosas. Tenho certeza que os senhores não são mais os mesmos, quando aqui chegaram” pontuou o Cel. Pereira.

Programa de Assuntos Ministrados e Palestrantes

Dentre a programação do curso foram abordados diversos temas, os quais o professor destrinchou de forma profissional. Dentre os temas abordados estavam: Inteligência estratégica, Inteligência Criminal e seus segmentos, Operações de Inteligência, Noções de Espionagem, Contra inteligência, Contra-espionagem, Contra-insurgência, Captura de Imagens, Aplicação da inteligência na atividade policial, Telefonia Móvel (Whatts App e outros aplicativos). Dentre os palestrantes, além do professor Teixeira Araújo, estiveram presentes o Cel. Edeilson carvalho; Sgt Manoel Messias e o SD Claudeci de Alencar.

Ações da Inteligência Estratégica

De acordo com o professor Raimundo Teixeira, o profissional da inteligência para exercer com habilidade a sua profissão, ele precisa adquirir e manter uma mentalidade de inteligência. Sendo que este aprendizado é além de conhecimentos técnicos e suas ações devem ter por base uma técnica própria materializada num conjunto de valores, atitudes e padrões de comportamento. Entre esses conjuntos de valores estão a Lealdade à Nação; Profundo sentimento de servir a causa pública; Consciência de que o exercício da atividade é impessoal e apartidário, ter fidelidade à instituição a que pertence e ainda ter a consciência de que os fins prevalecem sobre os interesses pessoais.

O Comandante do CPAI3, o cel. Markus Lima repassou que “O curso de três dias foi um curso determinante, pois nos trouxe muitos conhecimentos proferidos pelo professor Raimundo Teixeira. O curso foi idealizado pelo CPAI6 e com o apoio do CPAI3, onde foi realizado no nosso auditório. O curso de Conhecimento Estratégico tem a importância da determinação que abrange o Serviço de Inteligência na região de Imperatriz. A realização do curso foi preponderante para que as ocorrências de grande vulto sejam encontradas, e para que as equipes operacionais efetivem as prisões”, ponderou.

Já o comandante do CPAI6, o cel. Edeilsom informou que “Verificamos a necessidade de realizarmos o curso de Conhecimento Estratégico com a observância do comandante, o Cel. Pereira, onde o ministrante escolhido foi o professor Raimundo Teixeira, professor da Academia nacional da Polícia federal, da Escola Superior de Guerra das Forças Armadas, professor da polícia Civil, da Escola Naval, da Polícia militar e membro da ABIN. O curso além de servir para melhorar o conhecimento técnico profissional, serviu para promover a integração entre as forças de segurança pública.

Participaram também da solenidade, o superintendente do Interior, o delegado Dicival Gonçalves; o Comandante do Corpo de Bombeiros, o Cel. Célio Roberto e ainda membros da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e do Exército Brasileiro.

Por Mauro Wagner – ASCOM/SSPMA