Governo organiza esquema de segurança para o São João de Todos

O Governo do Estado irá garantir tranquilidade nos festejos juninos, por meio de esquema de segurança montado para o São João de Todos. A mobilização das Polícias Militar, Civil e Bombeiros começa a partir desta sexta-feira (17), por meio da presença de policiamento ostensivo no circuito junino oficial e em mais nove arraiais espalhados pela região metropolitana de São Luís. Durante o apogeu da festa, nos dias de São João (24), São Pedro (29) e São Marçal (30), o policiamento será intensificado, 350 agentes de segurança mobilizados, entre policiais militares e bombeiros.

O São João de Todos, circuito junino promovido pelo Governo do Estado, é composto pelos arraiais da Praça Nauro Machado, na Praia Grande, Centro Histórico; Parque Folclórico da Vila Palmeira; Ipem (Centro Social dos Servidores do Estado); e Praça Maria Aragão, em parceria com a Prefeitura de São Luís. Além da grade oficial, o Governo apoia os festejos juninos dos Vivas do João Paulo, Cohajap, Cidade Operária, Vicente Fialho, Bairro de Fátima, Liberdade e João de Deus, e os arraiais do Largo de São Pedro, Santo Antônio e do Anjo da Guarda.

O coronel Pedro Ribeiro, à frente do Comando de Policiamento de Área Metropolitana 1 (CPAM1), informou que 130 policiais militares por dia estarão nas ruas, realizando patrulhamento a pé e em viaturas nos pontos oficiais da festa, e nos arraiais apoiados pelo Governo do Maranhão. No Arraial do Ipem, além de policiais a pé e em viaturas, haverá policiamento a cavalo. Fora isso, haverá patrulhamento em toda a região metropolitana, executado por policiais militares a bordo de motocicletas.

O comandante do CPAM1 informou, ainda, que nas datas mais marcantes de festa, o policiamento será reforçado. “Iremos reforçar o policiamento nos dias de culminância dos festejos juninos, para garantir tranquilidade nas ruas”, disse coronel Ribeiro. Durante os dias de São João, São Pedro e São Marçal, o número de policiais presentes diariamente em pontos estratégicos do circuito junino subirá para 200.

A capela de São Pedro, no histórico bairro da Madre Deus, e o bairro João Paulo, receberão atenção especial da polícia. Nos dias de São Pedro e São Marçal, esses locais reúnem, respectivamente, milhares de pessoas que vão assistir aos grupos de bumba meu boi, uma das principais atrações da cultura popular neste período do ano.

Prevenção contra incêndios 

O combate a incêndios será realizado pelo Corpo de Bombeiros, que irá escalar, por dia, 150 bombeiros, que ficarão de prontidão nos arraiais e postos da corporação. As equipes plantonistas contarão com viaturas, equipamentos de combate ao fogo e kits de primeiros socorros para emergência médica.

Fora dos arraiais, as unidades em plantão serão: 1º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM), no Parque Bom Menino; 2º Batalhão de Bombeiros Militar, na Cohab; no Batalhão de Bombeiros Marítimo (BBMAR), na Avenida Litorânea; na Sede do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), no Bacanga; unidade em São José de Ribamar; e postos avançados no Maiobão, Maracanã, Raposa e Araçagi.

Como o período junino oferece risco de ocorrência de incêndios nos arraiais, onde há a presença de fogos de artifício, bombas, fogueiras e barracas de palha, o Corpo de Bombeiros também realiza um trabalho de prevenção contra incêndios, orientando os envolvidos nas festividades sobre as normas de segurança. Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros no Maranhão, coronel Célio Roberto, esse trabalho já vem sendo realizado pela corporação. “Montamos uma força-tarefa para orientação preventiva contra incêndios nos arraiais”, falou.

A prevenção contra incêndios estabelece normas como limite de espaçamento entre as barracas, instalação de extintores de incêndio em cada barraca, orientação sobre o local apropriado no perímetro do arraial para acender fogueiras e fogos de artifício, além da exigência das licenças necessárias para funcionamento das barracas, expedidas pelo Corpo de Bombeiros, Delegacia de Costumes e pela Prefeitura de São Luís. Tambémserão vistoriados pelos bombeiros, a partir de sexta-feira (17), os locais de venda de fogos de artifício na região metropolitana.

Plantões de polícia e Lei Seca

Em reforço ao policiamento de rua realizado durante os festejos juninos, a Polícia Civil estará de prontidão nos plantões centrais, no período noturno durante a semana, e em regime 24 horas aos finais de semana. Segundo o superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Armando Pacheco, os plantões centrais irão funcionar das 18h às 8h em dias de semana, e das 8h às 8h aos finais de semana. Os plantões centrais de polícia na região metropolitana são as Delegacias de Polícia Civil do Bom Menino, Cohatrac, Vila Embratel, Cidade Operária e do Maiobão.

Para garantir a segurança no trânsito, o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) irá realizar ações de fiscalização da Lei Seca e ações de educação para o trânsito, com entrega de panfletos informativos. As intervenções serão realizadas em pontos estratégicos da região metropolitana, para fiscalização do fluxo de veículos mobilizado pelas festividades juninas.