Centro Tático Aéreo dá início ao 10° Curso de Operações Aéreas – COA

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), por intermédio do Centro Tático Aéreo (CTA) promoveu, na manhã desta quarta-feira (20), solenidade de aula inaugural do 10° Curso de Operações Aéreas (COA), no auditório da Companhia Vale do Rio Doce.

Durante o 10° COA serão repassadas técnicas especiais de operações com aeronaves de asa rotativa, ou seja, helicópteros, e asa fixa – aviões nos padrões aplicados pelos profissionais que já estão em atividades na unidade. Ao término do curso, os participantes estarão aptos a compor tripulação de aeronaves em missões policiais e de defesa civil, bem como em toda a variedade de atividades realizadas pelo CTA no âmbito da segurança pública. Ao se iniciar o processo haviam 120 inscritos, sendo selecionados apenas 22 profissionais, sendo 15 Policiais Militares, 01 Civil e 04 Bombeiros Militares do Maranhão, 01 Policial Civil do Espirito Santo e 01 Bombeiro Militar do Pará.

“O CTA é uma unidade de referência e excelência no Brasil, muitos vem buscar conhecimentos múltiplos aqui. Isso prova a seriedade e compromisso desses integrantes”, explanou o Comandante Geral da PMMA, coronel Pereira.

Com parcerias com outras instituições das esferas estaduais e federal de elevado conhecimento técnico e prático na área profissional, o CTA realizará estágios de sobrevivência em área de selva, ministrado pelo 50° Batalhão de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro (BIS) de Imperatriz e outro estágio de sobrevivência em região de caatinga, ministrado pelo Batalhão Especial de Policiamento do Interior (CIOSAC) da PM de Pernambuco. A formação dos módulos se dará por operações policiais de resgate e defesa civil. Vale ressaltar que o CTA hoje é classificado por sua excelência, pelo alto grau de profissionalismo e segurança.

“O nosso CTA, hoje, promove mais esse curso de extrema qualificação para os servidores do sistema de segurança que compõem nossas forças, exportando conhecimento e classificando melhor o homem das forças policiais” enfatizou o diretor da ACADEPOL, Aurélio Araújo.

A finalidade do curso é formar tripulantes para operar nas aeronaves em multimissão eletransportáveis, capacitando a todos os servidores de segurança que passaram no processo seletivo no combate a criminalidade por meio aéreo, resgaste de vidas, dentre outros.

O diretor do CTA, Ismael Fonseca destacou a qualificação do profissional como supremacia para o estado, “Faremos com que nosso profissional esteja mais hábil ainda, dando apoio aos demais órgãos do sistema”, disse.

A mesa foi composta pelo diretor da Academia de Policia Civil- ACADEPOL, Aurélio Araújo (representando o secretário de segurança, Jefferson Portela), o comandante Geral da PMMA, coronel Frederico Pereira, o Diretor de ensino da ACADEPOL, Cristiano Albuquerque (representando o Delegado Geral de Polícia Civil Lawrence Melo), o Diretor do CTA, Coronel Ismael Fonseca, o Delegado André Gossain (representando a SEIC) e o Analista de Segurança Empresarial da Norte Vale, Tibério Nazário.

 

Carolina Gomes/ASCOM SSP