Governo promove aprimoramento das atividades do Corpo de Bombeiros na área de salvamento

Guarda-vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), que trabalham em São Luís e cidades do interior do estado, estão participando do Curso de Guarda-Vidas. O treinamento, que começou na segunda-feira (9) com aulas teóricas e práticas, prossegue até esta quinta-feira (12), na Academia Viva Água. Depois, terá continuidade em espaços do Corpo de Bombeiros. O treinamento é promovido pelo Governo do Estado, por meio do CBMMA, com apoio da Viva Água, por meio do Serviço de Responsabilidade Social da empresa.

As aulas são ministradas pela comandante do Batalhão de Bombeiros Marítimos do Estado do Maranhão, major Priscila Chahini, para 26 oficiais e praças, sendo duas mulheres. Os bombeiros estão participando de atividades divididas em módulos teóricos e práticos, com aulas no complexo aquático da academia. A major Priscila Chahini frisou que o curso visa capacitar os participantes para as atividades de guarda-vidas. “Nesta primeira parte, utilizaremos as instalações aqui da Viva Água, que nos foi oferecida, onde inclusive teremos as atividades práticas na piscina”, informou.

Na abertura do curso, os alunos receberam as primeiras instruções do treinamento e também as boas-vindas da diretoria da Academia Viva Água. “É uma honra poder contribuir no treinamento de homens que desempenham um trabalho de suma importância para a segurança aquática dos maranhenses. A Viva Água levanta a bandeira dessa segurança, a partir de várias atividades, como o engajamento no projeto Maior Aula de Natação do Mundo, iniciativa que acontece anualmente visando a redução dos índices de mortes por afogamento em vários países”, explicou a diretora da academia, Denise Araújo.

Os guarda-vidas participantes do treinamento exercem uma série de tarefas, incluindo vigilância e salvamento em locais como praias e rios, observando o comportamento dos banhistas. O curso incluiu a capacitação dos participantes para realizarem ações preventivas e educativas, incluindo cuidados para evitar que crianças se percam da família na praia, campanhas educativas sobre sustentabilidade e responsabilidade ambiental, alerta aos banhistas sobre os riscos de acidentes (como o contato com caravelas) e afogamento, procedimento de recuperação de afogados, dentre inúmeras ações que dizem respeito à segurança no ambiente de praia.