Secretaria de Segurança realiza 2ª Ação Social na Divinéia e adjacências

O Secretário de Segurança Pública do Maranhão Jefferson Portela e o Comandante da Polícia Militar, o Cel. José Frederico Pereira e demais autoridades estiveram presentes na 2ª Ação Social no bairro da Divinéia. O evento aconteceu na manhã deste sábado (09), por volta de 8:00h, na Unidade de Educação Básica Professor João de Souza Guimarães. A Ação Social contou com vários serviços de atendimentos básicos, dentre eles, a promoção da saúde, extração de documentos, conhecimentos na área da culinária e bem estar em prol do cidadão.

O Pacto pela Paz é uma articulação maior entre as forças de segurança e a sociedade civil e organizada, para as comunidades, almejando ainda os municípios maranhenses. O foco maior  do programa do Pacto pela Paz, é no atendimento das forças de segurança para com as comunidades. Na Ação Social foi explanado o objetivo do Pacto pela Paz (PPP), que se destina, na promoção em apoiar esforços das instituições públicas, entidades da sociedade civil organizada e cidadãos, visando à redução da violência e ainda na difusão de uma cultura da paz, e do respeito às leis e aos direitos humanos.

Neste sentido foram idealizados ações de valorização do cidadão, dente elas, esta 2ª Ação Social, do bairro da Divinéia e adjacência; que logrou o êxito esperado, pois milhares de pessoas se deslocaram para a Unidade de Educação Básica Professor João de Souza Guimarães.  Foram atendidos com diversos serviços, considerados de natureza prioritária para o cidadão.

Durante a 2ª Ação Social na Divinéia, dentre os serviços oferecidos no interior da escola, aconteceram consultas médicas, onde de acordo com o atendimento médico do Clínico Geral, houve a distribuição de medicamentos; Atendimento na área da Odontologia; Profissionais da área da saúde realizaram o Aferimento da pressão arterial; Exame de Glicemia; Serviços do Departamento de Bio-Psicosocial. Colaborou com estas ações, uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMA). Alunos da Faculdade Estácio se dispuseram para realizar Orientação Jurídica; Demais serviços foram oferecidos, como aconselhamento e entrega de resultados de exames e serviços de Corte e Costura e bordados.

Unidades móveis de serviços essenciais para o atendimento da comunidade

Já na área externa da escola, houve a presença de diversas unidades móveis. A Unidade Móvel do Instituto de Identificação realizou a emissão gratuita de carteiras de identidades (RG).  Contribuíram ainda a Unidade Móvel da Saúde Ocupacional, do Serviço FIEMA e SESI; da Unidade Móvel da Cozinha Brasil. Na quadra da escola foram realizados mine campeonatos, promovidos por uma academia de Judô da comunidade.

O Secretário de Segurança pública do Maranhão Jefferson Portela repassou na 2ª Ação Social, que “Estamos mais uma vez aqui, dando continuidade neste Programa Pacto pela Paz, a qual envolvem seis secretarias, dentre elas a de segurança pública. São ações de valorização e apoiamento à cidadania e hoje estamos disponibilizando aqui, a identificação civil, para a aquisição de um documento de identificação, e ou o registro Geral (RG); o atendimento para a saúde, a aplicação de vacinas tríplice, a orientação jurídica da Defensoria Pública. Enfim, diversos serviços que nos foram orientados pelo Governador Flávio Dino, por meio do Programa Pacto pela Paz. Uma colaboração no final de semana em prol de uma segurança pública mais presente na comunidade!”, definiu o secretário.

Dentre os presentes ainda, o Coordenador do Projeto Pacto pela Paz, e Superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI), Dicival Gonçalves relatou que “O Programa Pacto pela Paz que é um programa do Sistema de Segurança, onde através da lei 10.387, de 21 de dezembro, de 2015, foi instituído pelo nosso Governador Flávio Dino, onde incide em garantir as articulações das forças de segurança com as comunidades. É uma forma de aproximar e adquirir uma confiança maior com as comunidades. O programa Pacto pela Paz visa na inclusão dos Conselheiros Comunitários pela Paz, visando ouvir da comunidade, para melhorar as questões sociais o bairro. A segurança pública não é somente polícia, mas diálogo, interação e a participação popular. É ouvir as comunidades para melhorar as questões e deficiências dos bairros”, ponderou.

Presentes ainda na  2ª Ação Social, o Delegado Geral de Polícia Civil, Lawrence Melo; Subcomandante da Polícia Militar, Cel, JorgeLuongo;  O Subcomandante do Batalhão Ambiental, o Maj. Nogueira; Promotor aposentado e advogado Clécio Muniz,; o Superintendente de Polícia Técnica Científica, Miguel Alves; Diretor do Instituto de Identificação, Lúcio Flávio Cavalcante e demais convidados e a comunidade em geral.

Mauro Wagner – ASCOM/SSP