Reunião entre secretarias do Estado e Município no Coroadinho garantem Segurança Pública

O Governo do Estado do Maranhão e a Prefeitura Municipal de São Luís, por intermédio das secretarias do estado e município, estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (09), na U.E.B João Lima Sobrinho, localizada no bairro do Coroadinho.

A proposta da reunião, vinculada ao Sistema de Segurança, tendo como interventor o secretario Jefferson Portela, foi de engajar uma organização de segurança pública dentro da Unidade de Segurança Comunitária (USC) no polo Coroadinho, de modo que abranja todos setores básicos, como a cultura, lazer, esporte, educação e garantia de mais segurança aos moradores. A partir das indicações compartilhadas da comunidade, serão feitas as determinadas mudanças viáveis, para aprimorar o trabalho.

Foi destaque nessa reunião a questão de se entender e diferenciar segurança pública de policiamento. Conjunto de obras, ações, políticas públicas realizadas pelo município ou estado, no propósito de trazer harmonia social para o convívio de cada comunidade é o real significado de segurança pública. No tocante ao policiamento ostensivo se diversifica a visão de combater as consequências negativas ocasionadas por estágios de insegurança na sociedade.

“Temos que priorizar o verdadeiro sentido, gerando condições de segurança para a população, afim de, que o policiamento seja até desnecessário, e não ao contrário. Não é pensar em policiar toda a cidade para que se tenha segurança. É o inverso. Tem que sanear o meio social, com condições dignas de vida para que se tenha uma segurança geral. Quando se corrige tudo isso, fica mais viável a intervenção das forças policiais”, acrescentou Jefferson Portela.

Nesta visão, quando há uma falha nas políticas públicas executadas e planejadas acaba-se por ter um desequilíbrio social, o que ocasiona um índice de violência crescente. Com base nessa concepção é que a união das Secretarias Municipais e Estaduais, está buscando aprimorar todos os serviços básicos e necessários a comunidade.

Com essa integração, estado e município darão suporte para atuação do “Programa Pacto Pela Paz”, que executa segurança comunitária em conciliação com os conselheiros comunitários dentro de cada bairro maranhense.

“A Comunidade tem que ter confiança nos órgãos policiais, alcançando essa confiança. Se tem aqui um elo que permite troca de informações, de convivência nos bairros diuturnamente e que converge toda a parte técnica dos profissionais de segurança pública, para a questão realística trazida à discussão pela própria comunidade”, disse o Delegado Geral de Polícia Civil, Lawrence Melo.

Responsável pela USC do Coroadinho, o Tenente Coronel, Diniz Batista falou do compromisso de comandar a região metropolitana na área de policiamento escolar, “As Policias do 1° mundo já trabalham com essa estratégia. Não tem como resolver os problemas de segurança pública em uma comunidade, se nós não tratarmos diretamente com eles, pois são os que detém do conhecimento de sua área”, disse.

Vale ressaltar que na última segunda-feira (08) foi iniciado uma célula comunitária no bairro da Coheb, uma viatura ficará à disposição dos moradores, como polícia de proximidade, ou seja, o policiamento mais próximo da comunidade, com expansão para outros bairros.

A ideia do Governador Flávio Dino é reunir as forças dessas secretarias, observar, junto com as comunidades, onde estão os problemas de cada uma, tentando, da melhor forma possível, solucionar as demandas existentes em cada região.

O encontro teve a participação do Secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos (SEMOSP), Antônio Araújo, de Esporte e Lazer (SEDEL), Marcos Jardim, a secretária adjunta da Educação (SEMED), Marcia de Jesus Gaspar, de Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, da Juventude (SEJUV), Tatiana Pereira, dentre outros.

Carolina Gomes – Ascom/SSP