Praias de São Luís ganham reforço do Corpo de Bombeiros durante as férias

Para garantir segurança e tranquilidade aos banhistas, o Governo do Maranhão, por meio do Corpo de Bombeiros, reforça o efetivo e ações nas principais praias da Região Metropolitana de São Luís. Com mais de 60 homens, o reforço do Corpo de Bombeiros estará disponível nas principais praias em todo o período de férias, ampliando as ações de guarda-vidas no litoral da Grande Ilha.

“Nós trabalhamos com os postos de São Marcos, Calhau, Praia do Araçagi e do Meio, onde temos as patrulhas marítimas com bote e moto aquática, as patrulhas terrestres com os quadrículos e as rondas dos próprios guarda vidas, onde contamos com a ação de prevenção com a campanha de panfletagem. Também temos o apoio do Grupo Tático Aéreo (GTA), que duas vezes por dia, principalmente no fim de semana, faz a ronda de prevenção”, detalhou a comandante do Batalhão de Bombeiros Marítimos, Priscila Chahini.

O trabalho dos bombeiros será voltado à prevenção de acidentes e orientação dos banhistas. “Estamos pegando militares de outras unidades para dar um reforço nesse período de férias. Esse grupo, além de realizar os salvamentos que forem necessários, farão o trabalho de prevenção, para evitar os afogamentos”, comentou o subcomandante do Batalhão de Bombeiros Marítimos, capitão Joálisson Spíndola de Oliveira.

Bombeiros estão reforçando as ações de prevenção e salvamento nas praias durante o período de férias. (Foto: Handson Chagas/Secap)

Bombeiros estão reforçando as ações de prevenção e salvamento nas praias durante o período de férias. (Foto: Handson Chagas/Secap)

Durante esse período, que antecede o carnaval, também estão sendo intensificadas as abordagens de conscientização sobre os riscos em relação ao uso de bebidas alcoólicas e banho nas praias. “Estaremos orientando os banhistas acerca do consumo de bebidas, cuidados com crianças e correnteza, dentre outras orientações que são essenciais para salvar vidas. Também estaremos orientando os condutores de embarcações no intuito de prevenir acidentes”, explicou o subcomandante.

De acordo com o capitão Joálisson Spíndola de Oliveira, o trabalho do Corpo de Bombeiro é de fundamental importância para que os turistas e os banhistas possam se divertir com segurança. Para ele, a presença dos salva-vidas diminui a ocorrência de afogamentos e isso demonstra a eficiência do serviço de prevenção. “Além dos afogamentos, outra ocorrência comum na praia é a de crianças que acabam se perdendo dos país”, complementou.

A médica veterinária Carla Alcântara, maranhense, mas que reside em Brasília, faz uma observação positiva da presença efetiva dos homens do Corpo de Bombeiros nas praias. “Maravilhosa essa fiscalização do Corpo de Bombeiros, principalmente para quem tem crianças. Nos sentimos mais seguros, protegidos e vemos que existe com quem contar. Meus filhos não nasceram aqui, são de Brasília, logo eles não são acostumados com o mar, por isso eu já repasso todas as orientações possíveis para eles. Nada de avançar muito para dentro do mar”, alerta.

Já a turista de Minas Gerais, Míriam Cecília, conta que a ação é importante para segurança de quem não tem muita intimidade com o mar. “A segurança é prioridade. Chegamos hoje e a princípio está tudo muito tranquilo, muito bom. Tomamos cuidados com a proteção solar e de não ir no fundo do mar e de não se perder”, comentou.

Em meio a ação, o sargento do Corpo de Bombeiros, Sergio dos Santos, do Batalhão de Bombeiros Marítimos (BBMar), realizava abordagem, explicando para uma família com crianças que a água deve ser mantida na linha da cintura. “Não ultrapasse as ondas, qualquer coisa procure os guarda-vidas, tenha cuidado com queimadura biológica, e caso ocorra, procure a barraca dos salva-vidas, e fique atento para as crianças não se perderem dos responsáveis”, orientava o profissional.

Bombeiros estão reforçando as ações de prevenção e salvamento nas praias durante o período de férias. (Foto: Handson Chagas/Secap)

Bombeiros estão reforçando as ações de prevenção e salvamento nas praias durante o período de férias. (Foto: Handson Chagas/Secap)

A radialista Gilene Reis, maranhense, mas que reside em Brasília, elogia a atuação do grupo da guarda. “Cheguei de manhã cedo e eles estão sempre atuantes. Isso é muito bom, principalmente para quem vem conhecer o mar pela primeira vez, é bom ver que eles estão sempre atentos. Aliás, o Governo está de parabéns pois muita coisa melhorou, principalmente as praias. De fato, eu que já andei em várias praias, essas daqui de São Luís estão ótimas”.

Treinamento constante

A comandante do Batalhão de Bombeiros Marítimos, Priscila Chahini, informou que para que ocorra toda a desenvoltura do trabalho dos bombeiros nas praias, um treinamento prévio, com duração de seis semanas, é realizado para dar resistência aos alunos. As aulas do curso são ministradas pela comandante que é coordenadora do treinamento.

“Nesta turma específica são 26 integrantes do Corpo de Bombeiros, sendo duas mulheres. O curso começou agora no dia 9 de janeiro e vai até o dia 14 de fevereiro. O treinamento é focado na parte de salvamento aquático, não só na praia, como rios, lagoas, cachoeiras e inundações. Antes eles passam pela piscina, onde se avalia o nível de natação, executa a correção de nado e prepara a equipe com um treinamento funcional e corrida”, conta Chahini sobre parte da rotina de treinos.

Os bombeiros estão participando de atividades divididas em módulos teóricos e práticos, com aulas no complexo aquático da academia. Após o curso de estágio, por meio do qual foram colocadas em prática estratégias de salvamento aquático, os bombeiros estão aptos e qualificados a serem guarda-vidas.

Os guarda-vidas participantes do treinamento exercem uma série de tarefas, incluindo vigilância e salvamento em locais como praias e rios, observando o comportamento dos banhistas. O curso incluiu a capacitação dos participantes para realizarem ações preventivas e educativas, cuidados para evitar que crianças se percam da família na praia, campanhas educativas sobre sustentabilidade e responsabilidade ambiental, alerta aos banhistas sobre os riscos de acidentes (como o contato com caravelas) e afogamento, procedimento de recuperação de afogados, dentre inúmeras ações que dizem respeito à segurança no ambiente de praia.