Policiais Militares dão exemplo de honestidade e prendem dupla por corrupção ativa

Na última sexta-feira (10) por volta das 13h, policiais militares do Grupo Garra do 13º Batalhão prenderam Adriano Moraes Rocha e Lourival Silva Santos pela prática ilícita de corrupção ativa.
3-2
Os referidos policiais estavam em deslocamento pela MA 204, nas proximidades do Val Paraíso, município de Paço do Lumiar, para realizar o almoço após um flagrante na Delegacia do Maiobão também por corrupção ativa, na ocasião foi oferecido a quantia de duzentos e oitenta reais para que os mesmos não fizessem a autuação de um condutor com documentação atrasada.
No trajeto a guarnição se deparou com dois indivíduos em uma moto CB 300, a guarnição percebeu que o carona possuía uma tatuagem na mão usada por integrantes de uma determinada facção criminosa da capital e decidiram realizar a abordagem.
whatsapp-image-2016-12-12-at-14-41-26
Ao serem revistados os suspeitos informaram que possuíam uma quantia elevada de dinheiro em espécie e que entregariam aos policiais caso não fossem conduzidos à delegacia, indagados pelos policiais qual o real motivo da proposta eles confessaram que estavam recolhendo o dinheiro dos pontos de venda de drogas na região e já haviam sido presos antes pela mesma prática.
Nesse momento foi dado voz de prisão aos indivíduos e apresentados na Delegacia do Maiobão para que fossem tomadas as medidas judiciais cabíveis, juntamente com o dinheiro apreendido, a quantia de dezoito mil cento e quarenta reais (R$ 18.140,00).
 
Homenagens
A Equipe Garra que participou da referida ocorrência, os policiais Francisco, Cabral, Alves e Almeida, foram recebidos no Gabinete do Comandante Geral da Polícia Militar, pelo próprio Coronel José Frederico Pereira, o Subcomandante, Coronel Jorge Luongo e o Comandante do 13º Batalhão, Tenente-Coronel Alexandre Santos.
 1-1
Na oportunidade o Coronel Pereira frisou que nessa ocorrência estavam apenas soldados do grupo de motos do 13°BPM sem testemunhas e se recusaram a se corromper. Sei que ser honesto é uma obrigação de todos nós, mas diante das iniquidades praticadas por servidores públicos bem mais aquinhoados que um soldado e muitas vezes grupos de políticos e empresários milionários e inescrupulosos, devemos exaltar tão nobre atitude, em um país onde lamentavelmente estamos carentes de referência.
O Subcomandante Coronel Luongo, parabenizou a atitude dos policiais e destacou que esse espírito de honestidade sempre deve pautar as ações da corporação e servirá de exemplo e inspiração para os demais companheiros.
O Tenente-Coronel Alexandre também parabenizou os seus comandados e classificou estes como nobres e valorosos guerreiros da Equipe Garra, exemplo de dignidade, honestidade, honra, compromisso, caráter e lealdade ao Comando, enfatizou ainda que o 13º BPM é o orgulho da PMMA.
5ª seção/PMMA
g