Polícia Militar intensifica ações e apreende armas de fogo em São José de Ribamar e Paço do Lumiar

As ações de repressão à criminalidade, na cidade de São José de Ribamar, foram intensificas pelo 13º Batalhão de Polícia Militar (BPM), subordinado ao Comando de Policiamento de Área Metropolitano II (CPAM). Na primeira semana de fevereiro, mais três armas de fogo foram retiradas de circulação. As apreensões, de acordo o tenente-coronel Alexandre Santos, comandante do 13º BPM, evitam a ocorrência de assaltos e, principalmente, homicídios. As apreensões aconteceram no bairro Vila Kiola (São José de Ribamar) e no município de Paço do Lumiar.

Em uma das ações foi recolhida uma pistola com 10 munições. A arma estava em poder de Wallef Santos Santana, 18 anos, morador do bairro Balanço Grande e Jonilson Vicente da Conceição, 24 anos, morador do bairro Moropoia. Eles foram capturados no Bairro da Campina e apresentados na Delegacia de São José de Ribamar. Contra eles há suspeitas de serem autores de diversos assaltos. Na ocasião, uma motocicleta Fan 125, de placa NHO-0435, também foi apreendida.

Já na Vila São José, em Paço do Lumiar, equipes do policiamento de motocicleta realizaram a prisão de dois homens por porte ilegal de arma de fogo. Artur Mota dos Santos, 24 anos, e Julianderson Lobato Lopes, 23 anos, estavam transitando em uma motocicleta, na Avenida Vacaria, quando foram abordados pela guarnição que encontrou, com eles, uma pistola ponto 40. A dupla recebeu voz de prisão e foram apresentados no Plantão da Polícia Civil no Maiobão.

Mais apreensões

Policiais do Grupo Tático Móvel (GTM), do 13º BPM, prenderam Max William Pacheco da Conceição. Ele, de acordo com a polícia, é chefe de um grupo criminoso que age na região da Vila Kiola. Ao avistar a viatura da PM ele tentou fugir, mas foi capturado minutos depois. Com ele foi encontrado um revólver calibre 38, com quatro munições intactas, a quantia de R$ 137 e um aparelho celular. Max, também foi conduzido para a Delegacia do Maiobão, onde foi autuado.