Polícia Militar e Polícia Civil após monitoramento prendem acusados envolvidos em crime de homicídio no bairro Parque Vitória

ASCOM/SSP

Uma ação da Polícia Militar e a Polícia Civil culminou na prisão de um casal envolvidos na morte da vítima identificada por Luís Eduardo Costa Maia, 26 anos, conhecido como “Gordo”. O crime aconteceu por volta das 08:00hs desta terça-feira (26). Os autores teriam tido uma discussão com a vítima, onde culminou na sua morte.

As informações de acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), o crime aconteceu na Avenida 14 do Parque Vitória. O autor fora identificado como André Wallerson de Morães, 25 anos. As investigações apontaram ainda, a namorada dele de nome Rayanne Kelly Gomes Mesquita, 21 anos. O crime teria como motivação, uma rixa existente entre eles.

As informações repassadas pelo Superintendente da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), Delegado Lúcio Reis, fora que os envolvidos tiveram uma discussão. O delegado pontuou que o crime fora motivado por uma rixa. Após a discussão, Luís Eduardo Costa Maia teria sido alvejado com disparos de arma de fogo. O acusado André Wallerson de Morães é suspeito de ter passado no local a bordo de um veículo Fiat Pálio, de cor verde. Ele teria encontrado a vítima no local supracitado e realizado disparos de arma de fogo contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

Após o crime, o Ciops foi acionado e viaturas foram direcionadas para o local da ocorrência, que confirmaram o ocorrido. Em seguida, realizaram rondas nas adjacências no intuito de localizar os suspeitos, mas não obtiveram êxito. Na sequência foram informados ao supervisor de operações da Polícia Civil, para os devidos acionamentos de IML, ICRIM e SHPP. As investigações continuaram com a Polícia Civil e o apoio da Polícia Militar, verificou-se que o veículo Fiat Pálio de cor cinza, sendo diligenciado e encontrado. No local foi realizado a prisão dos referidos acusados. Os suspeitos foram apresentação na Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e autuados pelo crime de homicídio.