Polícia Civil prende mulher suspeita de participar da morte de auxiliar penitenciário

Foto: Nilson Figueiredo

Por Anselmo Oliveira / Ascom – SSP

Policiais civis da Superintendência Estadual de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), prenderam, na quinta-feira (10), Rayane Martins Pereira, de 21 anos, suspeita de ter participado da morte do auxiliar penitenciário Jairon dos Santos Cardoso, no bairro da Aurora, em São Luís. A informação foi repassada durante entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (11) na Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).

O crime ocorreu no final de setembro deste ano, quando a vítima se encontrava em ponto de ônibus e teria sido surpreendida por dois homens que estavam em uma motocicleta, que efetuaram disparos de arma de fogo contra a vítima. Logo após o episódio, a Superintendência de Homicídios, representada pela delegada Nilmar da Gama, deu início às investigações que, mesmo com a deficiência por falta de testemunhas, não poupou esforços para desvendar do crime.

img_3253
Foto: Nilson Figueiredo

A entrevista coletiva teve a presença do subsecretário da SSP, Saulo de Tarso Ewerton; da subdelegada-geral da Polícia Civil, Adriana Amarantes; do superintendente da SHPP, Leonardo Diniz. Na ocasião, os membros da SSP destacaram que a prisão de Rayane Pereira foi concluída após uma minuciosa investigação.

A Polícia Civil também apreendeu um adolescente apontado como autor dos disparos, que foi conduzido à Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), onde foram verificadas que ele já tinha cometidos dois outros atos graves de infração. As investigações continuam no sentido de localizar o terceiro envolvido na morte do auxiliar penitenciário.