Governo do Estado, Governo Federal e TSE, garantem as eleições municipais no Maranhão

O Estado do Maranhão, teve a eleição mas tranquila dos últimos anos, graças as ações enérgicas do governador Flávio Dino, através das forças de segurança, comandadas pelo secretário Jefferson Portela.
O governo federal teve uma participação importante enviando tropas das Forças Armadas tanto para capital como para interior maranhense, o pedido foi feito pelo governo do estado, que de plano foi atendido, pelos Ministros da Defesa e TSE.
Segundo o governador Flávio Dino, nove mil homens das forças de segurança do estado e tropas das Forças Armadas, garantiram a segurança nas eleições 2016 em todo o Maranhão. As tropas federais, aturaram em 54 municípios maranhenses incluindo São Luís.
Na coletiva realizada sábado(01) no Palácio dos Leões com o Ministro da Defesa Raul Jungmann, Gilmar Mandes, Ministro do Tribunal Superior Eleitoral. O governador Flávio Dino falou que devido, aos últimos acontecimentos registrados na capital maranhense, para conter a onda de ataques a coletivos, órgãos públicos e ao mesmo tempo dar tranquilidade a população no pleito eleitoral, várias mediadas foram tomadas pelo governo do Maranhão. Dentre elas estão:
Operações conjuntas com as polícias Militar e Civil, com o objetivo de efetuar prisões de elementos que estavam incendiando ônibus na região metropolitana de São Luis. Ocupação dos presídios por uma Força Tarefa para identificar os mandantes desta prática criminosa, já que as ordens estavam partindo de dentro das unidades prisionais da capital, solicitação ao governo federal da transferência de 23 presidiários, para presídios federais e o envio de tropas das Forças Armadas para garantir as eleições no estado. Medidas emergências prontamente atendidas pelo governo federal! Disse o governador Flavio Dino.

                       

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral(TSE) destacou que o Brasil está passando por um quadro de insegurança pública. “A sociedade brasileira não compactua com esse tipo de ação feita justamente para tumultuar o processo democrático. Nós estamos vivendo um quadro de grave insegurança pública e está claro que estão se aproveitando desta janela eleitoral para contaminar todo o ambiente”. Salientou!
O ministro da Defesa, Raul Jungmann, reforçou o que foi dito pelo presidente do TSE. “Nós disponibilizamos tropas das Forças Armadas, para manter a ordem e segurança nas eleições aqui em São Luís, com um efetivo de 480 homens. Quero reafirmar que os maranhenses podem ir às urnas porque a votação vai transcorrer em paz e com tranquilidade. Os governos federal e estadual estão juntos para fazer frente a esse ataque à democracia. Nós temos a convicção de que mais uma vez nós, sob a coordenação da Justiça Eleitoral, vamos realizar grandes eleições”, Concluiu.

Resultado de imagem para FOTOS DE TROPAS FEDERAIS
Soldados das Forças Armadas

4º-pelotão

A nossa reportagem conversou na manhã do domingo(02), com O Desembargador Presidente do TRE-MA Lourival Cerejo.
O presidente falou que tudo ocorreu dentro do planejamento, que todas as pendências foram resolvidas a tempo, e que estávamos vivendo a festa da democracia, que os eleitores podiam sair tranquilos para exercício da cidadania com tranquilidade e segurança.

Na noite do domingo(02), no final das apurações, conversamos com o Desembargador Raimundo Barros Corregedor Geral  do Tribunal Regional Eleitora do Maranhão.
Segundo o magistrado as eleições ocorrerão no clima de normalidade, graças ao governo do estado e as forças de segurança do Maranhão e ao governo federal, pelo envio das tropas das Forças Armadas, não só para a capital como também para 54 cidades do interior maranhense e ao Tribunal Superior Eleitoral(TSE), pela solicitações atendidas e o suporte dado ao planejamento feito pelo TRE-MA.

Disse que o foi um trabalho com resultados positivos e que no segundo turno, a justiça eleitoral vai manter o mesmo plano estratégico, e quanto a segurança no segundo turno, será reforçada por homens das forças de segurança do estado, assim como por homens das Forças Armadas que estavam atuando também no interior. Teremos o segundo turno das eleições em São Luís, com segurança e tranquilidade para que o eleitor ludovicense possa exercer a sua cidadania. Conclui!

Por/Stenio Johnny/RPJ – MA 0001541
                                                                   ASCOM/SSP

ASSISTA AQUI AS REPORTAGENS: