Estreitar laços com as comunidades: Uma das características da segurança na gestão Jefferson Portela

Inocência, alegria e muita diversão. Foi assim que na tarde desta terça-feira (01), a Secretaria de Segurança Pública (SSP), recebeu a homenagem de crianças das comunidades de São Luís, fofuras caracterizadas de profissionais do sistema de segurança, atendidas pelo projeto de Exposição sobre Segurança no Maranhão (ExposegMA).

A finalidade da visita foi frisar o apoio ao Sistema de Segurança que as comunidades, em consonância com as igrejas tanto evangélicas quanto católicas, vêm ordenando. “Batalhão ExposegMA”, assim passa agora a ser chamado o projeto, idealizado pela publicitária, Josilma Bogea e coordenado por Manoel Machado, com realizações em vários bairros da grande ilha e no interior do Maranhão. A apresentação conta com louvores e adorações dedicados a Deus, ministrados por pastores e padres.

Essa proximidade com a instituição de segurança desmistifica e desperta a curiosidade dessas crianças. Algumas delas já despertam o interesse pela carreira militar. “Que o homem venha resgatar um pouco da inocência de uma criança para que possamos ter sempre a esperança de um mundo melhor”, disse Jefferson Portela.exposegma

As igrejas reunidas trouxeram as crianças simbolizando os profissionais das forças policiais, num momento iluminado para a Cúpula destreitar-lacoso Sistema de Segurança, enaltecendo a suma importância dessa ligação com as forças supremas e divinais afim de, humanizar a presença dessas crianças com os demais.

Lawrence Melo destacou que, “A criança é um exemplo de mensagens de um futuro melhor, que gratifica-nos ver que estamos plantando uma boa semente, servindo como exemplo para a sociedade”.

Além do Secretário de Segurança Jefferson Portela estiveram presentes no encontro, o Delegado Geral de Polícia Civil, Lawrence Melo;o Comandante Geral da Policia Militar, Frederico Pereira; o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Célio Roberto; o Subsecretário da SSP, Saulo de Tarso, dentre outras autoridades da pasta da segurança pública, além de, membros de igrejas evangélicas e católicas.