Corpo de Bombeiros reforça segurança na Grande São Luís

Desde o último dia 20, as tropas do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) somam forças às ações das Polícias Civil e Militar para levar mais segurança às ruas da Região Metropolitana de São Luís. O reforço é formado por bombeiros capacitados pela Força Nacional que, munidos de coletes e armamento, têm trabalhado de forma ininterrupta, em estado de alerta, 24 horas por dia.

A tática de apoio à segurança executada pelos bombeiros consiste em atuar de forma descentralizada, a partir de pontos estratégicos da Grande Ilha. Há guarnições distribuídas em três postos avançados, alocados nos Comandos de Policiamento de Área Metropolitana (CPAs), nos bairros Maiobão e Maracanã, e no 6º Batalhão da Polícia Militar na Cidade Operária. A estratégia facilita a ação conjunta entre bombeiros e força policial.

Os postos avançados são viaturas de auto-resgate que, por serem mais leves que as tradicionais, chegam a locais de difícil acesso com mais agilidade. Apesar de menores, as viaturas possuem equipamento completo de combate e prevenção a incêndios, composto por extintores e material de atendimento pré-hospitalar. O aparato se mostrou indispensável para a eficiência das ações de socorro aos últimos atentados a ônibus ocorridos na capital.

Os bombeiros também estão presentes nos cinco Terminais de Integração, dando suporte à segurança pública juntamente com a Guarda Municipal. Para integrar a força-tarefa de segurança em atuação na Região Metropolitana de São Luís, os bombeiros passaram por um treinamento de elite. Em fevereiro deste ano, 54 integrantes do CBMMA se formaram no curso de Instrução de Nivelamento de Conhecimento (INC), que os habilita a fazerem parte da Força Nacional.

“Em 22 anos de Corpo de Bombeiros, nunca havia presenciado o envolvimento de todas as instituições de segurança no cumprimento de um mesmo objetivo”, disse o subtenente Sebastião Caldas, um dos homens do CBMMA à frente das guarnições em campo nas ruas. “Como instituição, nos sentimos prestigiados em prestar assistência à segurança pública. Não só por termos sido lembrados pelos nossos gestores, mas por poder colaborar com mais paz para os cidadãos”, afirmou.

Reestruturação do Corpo de Bombeiros

De acordo com o comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto, a contribuição às ações de segurança tornou-se possível graças a uma política de reestruturação da organização conduzida pela gestão do governador Flávio Dino. Uma conquista muito importante para a instituição foi a sanção da Lei Orgânica dos Bombeiros (LOB) em abril do ano passado. Aguardada desde 1996, a legislação possibilitou organizar a corporação, por meio de reajuste salarial, promoções e entrega de novas unidades de trabalho.

Só no ano passado, 1.121 integrantes do CBMMA subiram de cargo, em uma ampla campanha de promoções. A medida abriu 500 novas vagas, o que possibilita a renovação e ampliação das tropas. Reajustes salariais programados também têm sido disponibilizados aos bombeiros. “Enquanto em outros estados está havendo parcelamento de salário, no Maranhão o governador está conseguindo cumprir com um programa de reajustes pactuado para até 2018. Dessa forma, as tropas trabalham mais motivadas e dão o seu melhor”, frisou o coronel Célio Roberto.

O comandante do CBMMA destacou ainda a entrega de novas unidades, como BBMar, Porto do Itaqui, São José de Ribamar, Bacabeira, Trizidela do Vale e Açailândia. Para este ano, ainda estão previstas a inauguração de mais postos em Carolina, Santa Inês, Barra do Corda e Presidente Dutra.