Coronel Roberto gestão de excelência no ensino da Polícia Militar

Por Cabo PM Paulo ASCOM SSPMA

O Coronel Antônio Roberto dos Santos e Silva realizou a avaliação de um ano no comando da Diretoria de Ensino da Polícia Militar do Maranhão. A mesma é responsável pelos processos de formação, capacitação, qualificação e requalificação dos policias militares e educação dos seus dependentes. Sendo composta pelos Colégios Militares Tiradentes (CMT), atualmente instalados nas cidades de São Luís, Bacabal, Caxias e Imperatriz, Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias (APMGD), fixada no Complexo do Comando Geral, e do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), localizado na BR 135.

 

Os Colégios Militares coordenados pela Diretoria de Ensino da PMMA, apresentaram recentemente resultados expressivos no ENEM, sendo a escola pública estadual que mais aprova no certame, além de conquistar uma avaliação positiva junto ao IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). O CMT II (Imperatriz), ficou com a média 6, conquistando o primeiro lugar entre as escolas públicas estaduais. O CMT I (São Luís) ficou em segundo lugar, com média 5,8. Já o CMT III, com média 5,4, ficou em primeiro lugar entre as escolas públicas do município de Bacabal e quarto entre as escolas da rede estadual. Os alunos do Colégio Militar também são destaque em Olimpíadas e Concursos em todo o país nas áreas de Língua Portuguesa, Matemática, Redação, Astronomia e Astronáutica. Para o Coronel Roberto os resultados apresentados são fruto de um trabalho desenvolvido com muita dedicação de todos os entes que compõem o sistema de ensino da Polícia Militar e do Governo do Estado do Maranhão.

 

O Diretor de Ensino revelou que para assegurar um modelo educacional pautado na cidadania os alunos do Colégio Militar participam de eventos como o Dia do Soldado, Desfile de 7 de setembro e eventos como a Semana Nacional de Trânsito. Além de ser referência na produção de conhecimento os estudantes se sobressaem no campo esportivo. A equipe de futebol de salão já foi campeã maranhense sub-17 em 2014 e é considerada uma das maiores na categoria infantojuvenil. Outro destaque é o judoca Raimundo Neto, da Escola Militar Tiradentes de Bacabal, único maranhense convocado para compor a seleção brasileira de judô no Mundial Sub 18 que será realizado no próximo ano.

medalha_de_ouro
Foto: Nilson Figueiredo

 

O Curso de Formação de Oficias (CFO) atualmente é um dos mais concorridos da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), neste ano superou os tradicionais cursos de Medicina, Direito e Engenharia. Esse fato justifica-se pelo CFO desde a sua criação em 1993, ter se tornado referência na formação dos gestores da PMMA, o curso tem duração de quatro anos, com carga horária de 4.860 horas aulas, sendo 1.800 horas aulas para as 30 disciplinas do núcleo comum, ministradas na UEMA no período vespertino; 2.100 horas aulas para as 52 disciplinas do núcleo específico, ministradas na APMGD no período matutino e 240 horas aulas para as disciplinas do núcleo livre.

A grade curricular além possuir disciplinas inerentes à atividade policial, como, Abordagem,Criminologia, Direito, Técnica e Tiro Policial, Legislação Institucional, Gestão e Logística, Defesa Pessoal, Saúde Física, dentre outras, há também aquelas que promovem a formação cidadã dos militares como Direitos Humanos, Polícia Comunitária, Ética e Cidadania, além do incentivo por parte da Diretoria de Ensino e do Comando da Academia na participação dos cadetes em eventos de caráter social como Seminário de Direito no Trânsito e a XXXIII Jornada Acadêmica de Direito, ambos realizados no último mês de agosto, e a Ação Social na Ilha de Jacamim, realizada no mês de março deste ano, dentre outros. Para o oficial essas iniciativas proporcionam melhor conhecimento e capacitação, preparando os futuros Oficias da Polícia Militar para o enfrentamento qualificado da criminalidade no Estado.

 

Coronel Roberto acrescentou que o CFAP é a unidade responsável pela formação dos policias militares aprovados em concurso público e também pelo processo de formação continuada dos mesmos. A atual prioridade do comando da Corporação e da Diretoria é fortalecer os cursos que habilitam os militares a promoção, como CHO (Curso de Habilitação de Oficiais), CAS (Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos), os referidos cursos estão sendo realizados na modalidade de ensino a distância através de parceria entre a Polícia Militar do Maranhão, Ministério da Justiça e SENASP (Secretaria Nacional de Segurança Pública), além dos Curso Especial de Formação de Cabos e Sargentos, CEFC e CFES respectivamente, estes últimos ministrados por Oficias qualificados da Corporação.

O oficial da PMMA discorreu ainda que além dos cursos citados, existe a parceria em desenvolvimento com o governo do estado, cujo objetivo é promover a formação dos policias na área de gestão, tornando-os capacitados para atuarem no setor administrativo da Polícia Militar. Para isso, a instituição estará atuando em parceria com Universidade Federal do Maranhão no Curso de Especialização em Gestão Pública para capitães que serão promovidos ao posto de Major.

 

O Diretor de Ensino destacou as ações de incentivo na área de segurança pública pelo Governo do Estado nas figuras do Governador, Flávio Dino, do Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela e do Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Frederico Pereira, pertinente a incorporação de mil e trezentos (1.300) novos policias, evidenciando também a recente convocação de mais mil cento e dezessete (1117) candidatos para o curso de formação de soldados, além da obtenção de novas viaturas e equipamentos, dos quais segundo o Coronel contribuíram para o avanço na qualidade do serviço prestado pela Corporação e também da Diretoria de Ensino da Polícia Militar.

img_0967-11-1180x502
Foto: Nilson Figueiredo

O referido oficial enfatizou a ampliação de cursos na área Operacional como 1º Curso de Polícia Montada, X COA (Curso de Operações Aéreas), III COSAR (Curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural), estes dois últimos em andamento,  Policiamento Ostensivo e Preventivo com motocicletas, em parceria com a Polícia Militar de São Paulo, na oportunidade participaram 40 policiais militares de todo estado,  Curso de Requalificação de Tiro Policial Método Giraldi e Curso de Instrução de Nivelamento de Conhecimento Regionalizado para Grandes Eventos (INC GE/MA), que habilitou policias e bombeiros militares do Maranhão a compor o efetivo da Força Nacional de Segurança nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos realizados este ano na cidade do Rio de Janeiro.

Coronel Roberto concluiu avaliando o seu primeiro ano de gestão na Diretoria de Ensino, afirmando: “Assim que recebi o convite para comandar a Diretoria de Ensino da Polícia Militar, foquei todo meu comprometimento e dedicação na busca do ensino de excelência da Corporação em todas as unidades educacionais sem exceção, pois sinto-me responsável pela formação científica/cidadã da família policial militar e agente de transformação da sociedade maranhense”.