Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão, realiza operação de erradicação da maconha no interior Maranhense

A Secretária de Estado de Segurança Pública do Maranhão dando continuidade ações de erradicação do plantio de maconha no Estado, realizou em uma ação conjunta com o Centro Tático Aéreo do Maranhão(CTA), comandado pelo coronel Ismael e a Superintendência de Combate ao Narco Tráfico(SENARC que tem como superintendente o Delegado Carlos Alessandro, uma operação especial para incineração de plantação  de maconha no interior do estado.
Operação Tarim teve início na sexta-feira(23), foram três dias de operações especias, onde as equipes da SENARC e do CTA, tiveram um exaustivo trabalho nas matas serradas de difícil acesso na região noroeste do estado, mais precisamente nos municípios de Centro do Guilherme, Maracaçumé e Centro Novo. A nossa reportagem conversou com o Major Onildo Sampaio que comandou a operação no interior  maranhense

Major Onildo disse que a Operação Tarim teve o seu início, com as investigações realizadas pela Polícia Civil através da  SENARC, com o mapeamento e monitoramento das áreas de plantio, naquela região, onde CTA, fez a parte operacional. Por ser uma área de difícil acesso, o uso das aeronaves do CTA foi de extrema importância para o êxito da Operação.

Major Onildo Sampaio, comandou a operação

O Major falou que foram feitas várias buscas e logo após o desembarque das equipes operacionais, especializadas em erradicação do plantio da droga. Disse que foram incinerados um total de 132 mil pés de maconha, que segundo o pessoal da SENARC, esse montante uma vez preparado, daria algo em torno de duas toneladas de maconha prontas para a comercialização e consumo, que iria render ao mercado da droga, mais de 10 milhões de reais.
Frisou que o CTA, há um bom tempo vem realizando esse trabalho de erradicação da maconha no interior maranhense não só em conjunto com a SENARC, mas também com a Polícia Federal. Ressaltou que a grande dificuldade do trabalho de erradicação dessa droga, é a localização das áreas
de plantio, um vez que por via terrestre, é quase que impossível o acesso.

Resultado de imagem para fotos da erradicação da maconha no maranhão CTA                            Resultado de imagem para fotos da erradicação da maconha no maranhão CTA

Com utilização do helicóptero do CTA, e o serviço de geo-processamento, através de imagens via satélite, é possível com precisão, localizar as áreas de plantação de maconha, para que seja feito o trabalho de erradicação.

Falou que Operação Tarim transcorreu com tranquilidade, não havendo nenhuma prisão, porém as equipe da SENARC estão dando continuidade as investigações, com o objetivo de chegar aos donos das roças e efetuar a prisão dos responsáveis pelo plantio da droga. A determinação do secretario de Segurança Pública Jefferson Portela, é que o CTA dê continuidade ao trabalho de erradicação da maconha no Maranhão. Concluiu!

 Por/Stenio Johnny RPJ/MA 0001541
ASCOM/SSP

Assista aqui a entrevista: