Policiais do Maranhão buscam conhecimento, qualificação e especialização em outros estados

No contexto da nobre missão de defesa da sociedade, sempre foi primordial a qualificação dos policiais maranhenses. Por isso, muitos buscam o conhecimento em outras corporações para melhor servir. Com esta visão, foi colocado em pauta o fortalecimento da doutrina da Polícia Militar aqui no estado do Maranhão. O princípio de educar, qualificar e atualizar o policial está sendo fortalecido mais ainda, oferecendo vários cursos aos policiais de todas as unidades da capital, do interior e até mesmo de outros estados. Nas áreas oferecidas as capacitações são: administrativos, na área de inteligência, na área profissional para a ascensão profissional do policial e cursos operacionais, sejam nas tropas especiais seja nos batalhões de área.

Hoje se tem policiais aqui do Estado em outras capitais fazendo cursos, obtendo mais conhecimentos para trazer o que há de mais importante e de melhor para o Estado, assim como também tem policiais de outros estados aqui na capital a procura dos cursos aqui oferecidos para adquirir práticas e obter maior número de informações e levar até seus lugares de origem. Essa troca de conhecimentos fará com que os resultados das operações futuras tenham resultados positivos para ambas as partes.

Muitos grupos estão sendo qualificados em outros Estados como uma Equipe do CAT (Curso de Aplicações Táticas) em Pernambuco, Equipe COSAR (Curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural), em Marabá na 23° Brigada de Infantaria de Selva. Esse grupo é responsável pela preparação de combate a roubos a bancos. O grupo do CHOQUE esteve em Minas Gerais e em São Paulo, o de Tropa Montada vai a Brasília, dentre outros.

“Essa qualificação visa inserir o policial no contexto atual do combate à criminalidade. O policial de hoje tem que ter uma visão sistêmica de como está o crime, saber com quem e contra o que está lutando. Hoje temos crimes associados e isso exige mais comprometimento, mais postura do policial e é através do conhecimento, treinamento, atualizações, palestras e informações que o policial saberá lidar com o problema resolvendo-o com eficiência”, afirma o comandante da PMMA, coronel Frederico Pereira.

 

Por Carla Andrade – ASCOM/SSP