POLICIAIS CIVIS FEMININAS CONCLUEM CURSO DE CAPACITAÇÃO EM SÃO LUÍS

Buscando um maior aperfeiçoamento para policiais civis femininas do Estado, a Academia de Polícia Civil do Maranhão, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, data comemorada no dia 08 de março, ofereceu na manhã desta quinta-feira (10), na sede da ACADEPOL-MA um curso de “Técnicas de Operações Policiais” voltado especificamente para elas.

O encerramento aconteceu na tarde desta sexta-feira (11), e contou com a presença do Secretário de Segurança Pública do estado – Jefferson Portela, do Delegado Geral da Polícia Civil – Lawrence Melo, da Delegada Geral Adjunta – Adriana Amarante, do Superindentente da SPCC – Armando Pacheco, dos Delegados instrutores – André Luis Gossain, Augusto Barros e outros delegados.

IMG-20160313-WA0046

O curso faz-se necessário, na medida em que alicerça procedimentos metodológicos, na busca de maior eficácia profissional e desenvolvimento operacional da policial civil. A carga horaria total é foi de 14h/a, para uma turma de 40 alunas. O instrutor foi o delegado Augusto Barros Neto.

Durante as aulas, as participantes receberam técnicas de abordagem pessoal e edificações, técnicas de abordagem veicular, de condução e defensivas. Também foram instruídas em noções de gerenciamento de crise, planejamento operacional, além de outros temas visando um melhor desempenho nas atividades policiais a serem desenvolvidas.

IMG-20160313-WA0049

O curso de “Técnicas de Operações Policiais para Mulheres” teve como objetivo a capacitação afim de habilitar melhor a atuação em operações policiais, aperfeiçoar a policial, através de exercícios teóricos e práticos, a agir em situações de extrema operacionalidade de modo seguro. Vale destacar que o público alvo foi composto de delegadas, escrivãs e investigadoras de Policia Civil.

Conteúdo defensivo e operacional

No que respeita às técnicas defensivas, elas consistem na análise da necessidade da aplicação de técnicas de defesa, proteção de armamento curto e longo e defesa contra arma de fogo e arma branca. O planejamento operacional englobou horário, pessoal, equipamento, tipo de missão e tipo de local, aproximação, identificação de pontos vulneráveis e distribuição do pessoal.

Isadora Fonseca/ASCOM SSP-MA