Polícia Militar já prende 09 suspeitos de ataques a coletivos na capital

Por Mauro Wagner – Ascom/SSP

As primeiras movimentações da Polícia Militar visando deter os autores de ataques a ônibus ocorridos ontem, terça-feira, na região metropolitana de São Luís, resultaram na prisão de 01 pessoa e na apreensão de 05 adolescentes no bairro do Coroadinho. Por outro lado, o Sistema de Inteligência da PM prendeu duas pessoas e apreendeu dois adolescentes no Bairro de Fátima, por envolvimento nos mesmos ataques criminosos.

O Grupo de Serviço Avançado (GSA) 04 da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (DIAE) do 1º Batalhão da Polícia Militar após ser informado, na noite desta terça-feira (27), por volta das 21hs, que um coletivo estava sendo incendiado no bairro do Coroadinho apreendeu um adolescente infrator nas proximidades, mais precisamente na Vila Conceição. O adolescente teria confessado sua participação no ataque ao coletivo e revelado os nomes de outros envolvidos no crime. Como consequência, outros três adolescentes foram apreendidos quando se achavam homiziados na residência de um homem identificado por David Sousa Nunes. Os investigadores encontraram na casa de David Sousa dois aparelhos celulares e dois maços embalados em sacos plásticos de uma substância aparentando ser crack.

droga-apreendida-no-coroadinho

Todos foram encaminhados à Seic, para serem ouvidos pelos delegados plantonistas. David Nunes foi autuado pelo crime de posse de entorpecentes e os adolescentes encaminhados para a DAI.

Prisões de suspeitos no Bairro de Fátima

Outra prisão aconteceu ainda na terça-feira (27), por volta das 23hs, efetuada por militares do Grupo de Serviço Avançado do 9º Batalhão da Polícia Militar, do GSA do DIAE 05, do SIPM e do Cpam1. Foram presos José Ribamar Rocha Alves Lima, 40 anos e Ingrid Renata Carvalho da Silva, 23 anos e detidos dois adolescentes infratores.

As informações dão conta de que os suspeitos teriam assaltado e tentado incendiar, por volta das 19hs, um coletivo no Bairro de Fátima. A partir das denúncias, os policiais se empenharam nas buscas, descobrindo que os suspeitos estavam escondidos na casa de Ingrid Renata Carvalho da Silva. Com o grupo foi encontrada uma motocicleta Bros azul, de placas MVV 4132, dois celulares, R$ 34 reais em dinheiro e 02 capecetes.

Todos foram encaminhados para a Seic e autuados por participação na ação criminosa. Eles foram reconhecidos nas filmagens da câmera interna do coletivo e reconhecidos por testemunhas na prática criminosa.