9°BPM APREENDE SIMULACRO DE ARMA DE FOGO E EM OUTRA ATUAÇÃO APREENDE ACESSÓRIOS PARA FABRICAÇÃO DE MUNIÇÕES NA CAPITAL

O 9°BPM por intermédio da VTR 16-025 / João Paulo, prendeu na última terça-feira (06), por volta das 00:30, os nacionais Jose Ribamar França Pereira, 34 anos, Wellington Jose Almeida Alencar, 24 anos, Ruan Victor Nogueira Trindade, 27 anos e um menor apreendido de 17 anos. Eles foram presos com um simulacro de arma de fogo no bairro João Paulo.

A guarnição recebeu via Ciops informações que assaltantes armados se encontravam em um veículo fiat Punto prata, no João Paulo, 2ª travessa agostinho torres. A equipe chegando próximo ao local citado avistou um veículo com as mesmas características sair em disparada em alta velocidade furando o sinal, deste modo iniciaram uma perseguição tendo fim no bairro Caratatiua, estrada da vitória, foi feita a abordagem pessoal e veicular, encontrando os elementos e todo o material citado abaixo.

Diante dos fatos ocorridos todos foram conduzidos e apresentados ao Plantão Itaqui Bacanga.

MATERIAL APREENDIDO:

01 (um) simulacro de arma de fogo (pistola de airsoft)

02 (dois) celulares samsung ( 1 gran duos preto, 1 mini s5 branco)

01(um) porta cédulas (1 cnh, cartões, crlv 2017)

01(um) fiat punto essence 1.6, placa nxg-4817

R$ 65,00 reais em cédulas e moedas

Outra Prisão

Após denúncias anônimas a equipe do GSA do 9°BPM prendeu o nacional Sergio Costa Mendonça Neto, 29 anos. O mesmo foi preso por possuir acessórios para fabricação de munições, no bairro Alemanha, na última terça-feira (06).

Dando conta de que no local citado um indivíduo por nome Sergio estaria em posse de arma de fogo e se encontrava foragido da justiça; com base nas denúncias a equipe deslocou até o endereço denunciado, onde foi franqueado nossa entrada e após buscas no interior da casa foi encontrado o material citado abaixo. E após ser perguntado sobre seu nome para ser feito a consulta o mesmo mentiu dando o nome de “Maxsuel”, onde posteriormente foi descoberto seu verdadeiro nome, Sergio Costa Mendonça Neto, que então nos relatou que tinha sido preso no Estado de Rondônia por tráfico interestadual de drogas e cumpria sua prisão em regime semiaberto, vindo de lá ano passado sem terminar de cumprir sua pena, considerando-se então foragido.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão, conduzido e apresentado no 8ºDP, para serem tomadas as medidas judiciais e providência cabíveis.

MATERIAL APREENDIDO

01(uma) garrafa “pet” contendo chumbos

04(quatro) recipientes utilizados para armazenamento de pólvora

02(dois) recipientes contendo espoletas

Rose Silva  – ASCOM/SSP