Secretário de Segurança recebe Delegado Regional e Delegada da Mulher de Barra do Corda. Na pauta, a campanha contra a violência à mulher

SSP-Ascom

Potencializando as ações em prol do Carnaval no município de Barra do Corda, o Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela recebeu o Delegado Regional de Polícia Civil de Barra do Corda, Márcio Coutinho, e a Delegada titular da Delegacia Especializada da Mulher (DEM), Verônica Serra, objetivando em divulgar as ações desempenhadas pela regional no tocante, à segurança nos circuitos de Carnaval e diversos pontos de entrada da região, os quais receberão turistas em prol da temporada de carnaval. A equipe de Polícia Civil da Delegacia Regional de Barra do Corda, idealizou a campanha “Blitz da DEM” com o slogan “Brota na DP para desespero do teu ex”, onde incentivam as denúncias de violência doméstica e de gênero. A delegacia atenderá as denúncias de crime, durante as 24hs, por conta do período carnavalesco.

Durante a reunião no gabinete da SSP entre o secretário de segurança Jefferson Portela, o delegado regional de Barra do Corda Márcio Coutinho e a Delegado da DEM, Verônica Serra foram destacadas as inúmeras ações que serão desenvolvidas no período carnavalesco em Barra do Corda. Dentre as ações, a DEM confeccionou um “abadá”, servindo como fardamento aos policiais que realizam a blitz da DEM. No abadá, contém o contato da Delegacia Especializada da Mulher. Durante a blitz serão, ainda, distribuídos “copos e panfletos informativos”, com dicas de segurança para o folião que participar do carnaval de Barra do Corda 2020.

Contra a violência doméstica e de gênero nos circuitos de carnaval

A Delegada da Delegacia Especializada da Mulher (DEM), de Barra do Corda, Verônica Serra, pontuou, que “A DEM estará preparada para receber os foliões da temporada de carnaval. A delegacia preparou a campanha da “Blitz da DEM”, para agir de forma preventivamente e repressivamente, caso necessário, tanto contra a violência doméstica como contra violência de gênero. Estaremos nas ruas junto com a comunidade divulgando dicas de segurança para os foliões e ressaltando a importância de brincar o carnaval com respeito. É necessário um olhar atento para a proteção das crianças e adolescentes, sendo válido lembrar a importância de identificação dos menores que irão participar dos circuitos para o caso de se perderem de seus familiares. A Polícia Civil de Barra do Corda estará preparada para a demanda carnavalesca e para o recebimento de denúncias 24h, através não só do atendimento na sede da Delegacia, mas também através do WhatsApp da DEM e das redes sociais, objetivando assim estreitar o canal de comunicação com a comunidade. Contamos ainda com o slogan da campanha da blitz da DEM “Brota no DP pra desespero do seu ex”, incentivando as mulheres a denunciar toda e qualquer espécie de violência doméstica e de gênero. Acreditamos que a informação e a abertura de canais de canais de comunicação da Polícia com a comunidade são os primeiros passos no combate às condutas criminosas, porque é o incentivo que retira a mulher do ciclo de violência. Estaremos trabalhando em parceria com a polícia militar, conselho tutelar e demais instituições de segurança para reduzirmos os indicies de criminalidade e com isso fazermos do Carnaval 2020 uma grande festa, explicou a delegada da DEM.

O Delegado regional da Polícia Civil de Barra do Corda, Márcio Coutinho, destacou as ações operacionais da regional na região, no intuito de inibir as ações de crimes nos circuitos de carnaval. Estaremos prontos para o recebimento de ocorrências, caso sejamos procurados pela população, durante o período carnavalesco. Estaremos trabalhando de forma integrada com a Polícia Militar, proporcionando para o cidadão, uma polícia presente e atuante no período do carnaval”, afirmou o delegado regional.

O Secretário de Segurança Jefferson Portela presente durante a visita, agradeceu a a iniciativa da Delegacia Regional de Barra do Corda. “É uma iniciativa estratégica, em dispor um canal 24hs para que a comunidade possa denunciar os crimes de violência contra as mulheres, quer seja pela violência doméstica, como a violência de gênero. É fundamental um amparo mais presente, no socorro às mulheres no período de carnaval. É se dispor de forma sensível, no quesito em ajudar contra os crimes de violência doméstica e de gênero.