POLÍCIA MILITAR APREENDE CAIXA DE PAPELÃO COM UM FETO NA CIDADE OPERÁRIA

Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP

Uma ação realizada na noite da última quinta-feira (15), a Polícia Militar por intermédio do 6ºBPM, conseguiu deter dois homens que estava em posse de uma caixa de papelão contendo um feto morto. O caso ocorreu na Avenida Leste da 201, na Cidade Operária, em São Luís.

Após atender uma ocorrência no bairro da Maiobinha, uma guarnição avistou dois homens suspeitos em uma motocicleta. De imediato foi realizado o trabalho de abordagem e posteriormente uma revista pessoal. Com o garupa foi encontrado a caixa de papelão enrolada em um tecido e logo certificado que se tratava de um feto morto.

Ao ser questionado pelo fato, a dupla informou que estavam levando o material para a maternidade Marly Sarney a pedido de uma mulher que horas antes tinha abortado a criança na sua residência, e que mesma estaria internada na referida maternidade.

Diante dos fatos, a guarnição se deslocou com os dois indivíduos e a caixa contendo o feto morto para a maternidade na tentativa de constatar a veracidade da situação, onde foi constatado que a mãe se encontrava realmente internada.

Ao ser questionada, a mulher confirmou que havia realizado o aborto, através da ingestão de comprimidos. O caso foi registrado na Delegacia da Cidade Operária onde será aberto um inquérito para apurar aborto provocado pela gestante com ou sem seu consentimento.