Polícia Civil cumpre mandado de Prisão contra homicida e assaltante no bairro do Anjo da Guarda

Com a prioridade de intensificar ações contra a criminalidade na região metropolitana de São Luís, a equipe de policiais da delegacia do 5º DP, localizada no Anjo da Guarda realizou na manhã desta segunda-feira (08), o cumprimento do Mandado de Prisão do acusado Edson Gomes Paixão, de 32 anos. A sua prisão se deu pelo seu envolvimento em assaltos a coletivos na capital.

O criminoso Edson Gomes Paixão que é conhecido por “Júnior Olhão” ou “Batatinha”, teria participado em várias ações crime, sendo que em uma delas, ele teria de forma violenta, esfaqueado a coxa de um dos passageiros no interior de um coletivo da linha Pedrinhas. O crime teria ocorrido na última terça-feira, (02).

O delegado Walter Wanderley que comandou a equipe de investigadores por conta da ação criminosa, ponderou que “ A vítima estava no interior do coletivo na altura do Hospital da Mulher, área Itaqui Bacanga, quando teria sido aborda pelo criminoso, no sentido de querer subtrair seus pertences. A vítima teria sido atingida com um golpe de arma branca na região da coxa.

O delegado ressaltou ainda, que ação criminosa foi toda registrada pelas câmeras de segurança no interior do coletivo, levando na identificação do criminoso. As investigações iniciaram após o crime e na manhã desta segunda-feira (08), ocasionou na prisão de Edson Gomes Paixão. Edson Gomes Paixão, de 32 anos foi preso na Rua das Filipinas, na Proab, no Bairro do Anjo da Guarda. A princípio, o acusado será autuado pelo crime de lesão corporal.

Crime contra a vida

Segundo o delegado Walter Wanderley, “Edson Gomes Pavão já tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio contra a vida de Leandro Mendes Pereira, após ele e um comparsa identificado como “Junior Matador”, roubarem a sua motocicleta no bairro do Fumacê. O crime contra a vida de Leandro Mendes Pereira teria ocorrido no bairro do Fumacê, no dia 27 de março, de 2016”, destacou.

O delegado Walter Wanderley destacou, que o acusado Júnior Olhão” e o comparsa, teriam roubado a sua moto e depois executado a vítima com diversos disparos de arma de fogo. A vítima ainda teria sido encaminhada para o Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão 1), mas não teria resistido aos ferimentos. Após a prisão, ele foi encaminhado para o Complexo Penitenciário, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Mauro Wagner – ASCOM/SSP