CPTur fecha o cerco contra a criminalidade nos pontos turísticos de São Luís e Barreirinhas

A Companhia de Policiamento de Turismo Independente (CPTur) completou este ano, 15 anos de criação e com excelentes trabalhos desenvolvidos na região metropolitana de São Luís. Tal companhia vem reforçando os trabalhos preventivos, ostensivos e turísticos visando inibir atos de criminalidades nos pontos turísticos da capital. As ações da CPTur são executadas diariamente no Centro Histórico de São Luís, Espigão Costeiro, Lagoa da Jansen, praia da Ponta D’Areia e em toda a extensão da Avenida Litorânea, lugares esses que reúne uma grande concentração de pessoas.

De acordo com o comandante da CPTur, o  ten. coronel Roberto Filho, os trabalhos da Companhia são bastante expressivos devido à seriedade e compromisso, além de seguir um cronograma estabelecido pela pasta da segurança pública para inserir em meio a sociedade o sentimento de paz, principalmente nas horas de lazer dos maranhenses e turistas. “Tenho a certeza que a companhia está fazendo o excelente trabalho para que todos possam ter a garantia de um passeio ou lazer com segurança. A CPTur almeja qualidade na prestação de serviço” destacou o ten. coronel Roberto Filho.

Ainda segundo o comandante, como resultado das ações, de janeiro a 30 de junho deste ano, a companhia já apreendeu 13 armas de fogos e cerca de 630 unidades de entorpecentes, entre maconha, cocaína e crack. Além disso, em toda área de atuação da CPTur foram registrados 2(dois) homicídios nos seis primeiros meses de 2017, dando destaque a avenida litorânea que há mais de 3 anos não registrava caso de homicídio.

Esses aplaudíveis resultados vem sendo conseguindo por meio de bases fixas instaladas em pontos estratégicos nos pontos turísticos da cidade, patrulhamentos através de viaturas, motocicletas, quadriciclos e de policiais militares a pé. Tanta eficiência assim, resultou por meio do secretário de segurança Jefferson Portela, na criação de uma base da unidade na cidade de Barreirinhas, portal de entrada para os lençóis maranhenses, local onde o fluxo de turistas ainda é maior, que conta com 21 homens.

Em Barreirinhas, na última sexta-feira (7) a companhia conseguiu prender três homens suspeitos de integrar um grupo criminoso especialista em assaltar turistas. Já em São Luís, no último domingo (9) homens lotados na unidade conseguiram prender Idael Melo Roxo, de 29 anos, suspeito de assassinar um agente penitenciário que estava trafegando no calçadão da Avenida Litorânea. A prisão do suspeito foi executada nas proximidades do local crime, minutos depois do ato.

Todos os fins de semana reforçamos o policiamento em todo o Centro Histórico e na área litorânea. Vamos garantir que os turistas e cidadãos ludovicenses que procuram um ponto turístico da capital tenham total segurança e tranquilidade para aproveitar os dias de descanso”, afirmou o ten. coronel Roberto Filho, comandante da CPTur.

Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP