Capital emergente na segurança pública: São Luís deixa a lista das cidades mais violentas do mundo

 

Por Anselmo Oliveira / Ascom – SSP

Nas duas últimas semanas, pesquisas realizadas a nível nacional e internacional constataram que no quesito segurança pública, o Maranhão vem dando um grande salto no combate à criminalidade. De acordo uma reportagem publicada no jornal Folha de São Paulo, o Maranhão foi o estado que mais aumentou os investimentos no setor da segurança pública.

Ainda segundo a pesquisa, entre os anos de 2015 e 2017, o Governo do Maranhão ampliou em 26 % os investimentos na área, ficando apenas atrás do estado vizinho, o Piauí. Foram investidos mais de R$ 1,5 bilhão em todos os setores que compõem a pasta da segurança pública, isso apenas em 2017. Tais números estão na contramão do processo de recessão econômica do Brasil, pois houve redução de gastos com segurança pública pelo governo federal.

Outra pesquisa, só que desta vez coordenada pela Organização de Sociedade Civil Mexicana Segurança, Justiça e Paz, retirou a capital maranhense da lista das 50 cidades mais violentas do mundo, a qual estava em 2016. A cidade de São Luís foi a única capital do Nordeste a não constar na lista e uma das três do país não citadas do ranking. Ressalte-se que nenhuma cidade do Maranhão está entre as 50 cidades mais violentas.

Os investimentos no setor da segurança têm causado uma expressiva queda na criminalidade. O estado alcançou a marca inédita de maior tropa de policiais, chegando a marca de 12 mil homens e na entrega de mais de 820 viaturas.  Em resposta estão os números de homicídios na região metropolitana de São Luís, que caíram 40 % em 2017 na comparação com 2014.

O Secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, que atualmente está entre os dois gestores mais antigos dos últimos 3 anos do Brasil, ou seja, desde o início do governo Flávio Dino, dedica os números positivos aos altos investimentos que alcançaram todo estado e refletem na queda expressiva na criminalidade e da violência.