POLÍCIA CIVIL RECUPERA CARGA ROUBADA DA EMPRESA NOVO MUNDO E PRENDE DOIS SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO NO CRIME

ASCOM SSP

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC, efetuou na manhã desta segunda-feira (15), a prisão dos suspeitos Kelyson Ferreira Veloso e Keliton Ferreira Da Silva pela prática de crimes de receptação dolosa de produtos eletrodomésticos roubados da empresa Novo Mundo e tráfico de drogas.

Tal ação foi deflagrada em razão do conhecimento que na tarde do dia 09 de abril de 2019, por volta das 16h40, em uma avenida do bairro da Ribeira, um caminhão baú da empresa Novo Mundo havia sido abordado e todo a carga subtraída por indivíduos armados. A partir da investigação realizada pelo Departamento de Combate ao Roubo de Cargas – DCRC, os policiais tomaram conhecimento de informações que davam conta que em uma residência do bairro Vila Maracujá encontravam-se vários produtos oriundos do fato delituoso praticado contra a mencionada empresa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A equipe do DCRC deslocou-se até a localidade, e constatou que na residência havia vários eletrodomésticos que tinham sido subtraídos do caminhão da Novo Mundo. Na residência os irmãos Kelyson e Keliton escondiam diversos produtos levados no mencionado assalto, além de ser encontrada na posse dos mesmos aproximadamente 1(um) quilo de substância entorpecente semelhante à maconha.

Após constatações dos fatos, foi dada voz de prisão aos indivíduos sendo conduzidos à SEIC para os procedimentos de praxe. Em razão de tal situação a investigação está direcionada para entender que os dois nacionais participaram do roubo, além de esconder alguns dos produtos subtraídos.

Os bens arrecadados junto aos suspeitos foram: 02 geladeiras; 03 televisões; 02 ventiladores; 02 aparelhos de som; 01 uma máquina de lavar; 01 base de cama box, 03 celulares; 01 motocicleta; o valor de R$1.020(um mil e vinte reais).

O DCRC continua em diligências para capturar os indivíduos que participaram do assalto. Ao todo até o presente momento foram efetuadas três prisões e recuperados 41 produtos.