POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO POR ASSASINATO DE VEREADOR DE MARANHÃOZINHO

POR: ANSELMO OLIVEIRA

A Polícia Civil do Estado do Maranhão prendeu nesta manhã desta sexta-feira (31) em uma fazenda do município de Santa Luzia do Paruá, o vaqueiro Egídio Silva Pires, vulgo “Nó Cego”, apontado como um dos executores do Vereador do município de Maranhãozinho, João Pereira Serra, conhecido como “Jango”, fato ocorrido no dia 23 do último mês de abril em uma região de várias de fazendas do mesmo munícipio.

Os trabalhos foram coordenados pela Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) que continua as investigações e diligencias na região na busca do segundo executor, motivação e autoria mediata. A operação teve apoio da Delegacia Regional de Zé Doca.

CRIME DE MILÍCIA NO MARANHÃO

Em outra ação, só que desta vez dentro a Operação batizada de “Balaiada”, a Polícia Civil do Estado do Maranhão, efetuou cumprimentos de mandados de prisão temporária dos suspeitos de participação de milícia armada que atuavam no município de Aldeias Altas, Caxias e outros municípios da macrorregião dos Cocais, Estado do Maranhão.

O Juiz Titular da 1ª Vara Criminal da Capital, competente para apuração de crimes praticados por organizações criminosas, prorrogou mandados de Prisão Temporária para Santo da Conceição Silva (Paulo Bala), Cicero da Silva e Antônio Simeão dos Santos, bem como para os integrantes da Polícia Militar Enedino Silva, Raimundo Nonato Lima Chaves, Sergio Adriano Gomes Nunes, Evandro Oliveira Santos e Walmara Mourão Carvalho.

As investigações seguem a cargo do Departamento de Proteção à Pessoa e Departamento de Homicídios do Interior da SHPP.