Operação conjunta entre as forças de segurança desencadearam operação pré-carnaval para inibir o tráfico de drogas em Alcântara.

Carolina Gomes – ASCOM/SSP

Visando inibir o comércio ilícito de drogas na cidade de Alcântara, uma operação foi desencadeada entre as Polícias Civil e Militar e ainda a Guarda Municipal, entre os dias 27 e 28 de fevereiro, que antecedem o período carnavalesco de 2019.

De acordo com a polícia, nesta quarta-feira, 27, foi preso em flagrante delito José da Assunção Cunha Barroso Filho, 20 anos, momento em que desembarcava em Alcântara vindo de São Luís, na posse de crack, que seria comercializado durante as festividades carnavalescas na região.

Na manhã dessa quinta-feira, 28, foram cumpridos mandados de buscas e apreensões no Povoado Oitiua, zona rural de Alcântara. Durante os cumprimentos, foi preso Rômulo Lopes Privado, 34 anos, natural de Santa Rita, pois estava em aberto mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado, no qual foi condenado a 12 anos de prisão pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de São Luís.

Natural de São Luís, Willk Almeida Borges, 19 anos, popularmente conhecido como “Feio”, a polícia cumpriu mandado de busca e apreensão e prisão preventiva, pelo crime de tráfico de drogas e corrupção de menores, haja à vista o mesmo ser flagrado entregando entorpecentes para adolescentes comercializarem na região central de Alcântara.

O trio foi encaminhado à Unidade Prisional de Pinheiro, onde estão à disposição do Poder Judiciário.