Crimes elucidados, criminosos presos e respostas rápidas à sociedade dadas pelas forças de segurança pública do Maranhão

Por: Anselmo Oliveira/Ascom-SSP

 

As forças de segurança pública do Maranhão, de forma ágil e célere em casos de criminalidades que ocorreram na grande São Luís, conseguiram dados positivos e relevantes para a pasta da segurança. Nos últimos dez dias, as Polícias Civil e Militar do Estado deram respostas imediatas a crimes de grande repercussão na região metropolitana da capital e no interior do estado.

 

Crimes Contra a Vida

No domingo (6), a Polícia Militar por meio do 9ºBPM conseguiu prender em flagrante Edgleyson Ray Garcia e Janílson Dias Reis, suspeitos de envolvimento no homicídio que vitimou o pequeno Pedro Matias Reis Martins (7) no Bairro de Fátima. A criança foi alvejada após disparos feitos por Edgleyson destinados ao seu desafeto.

Em outra ação realizada também no domingo (6), a Polícia Militar (8ºBPM) com apoio da Polícia Federal executaram a prisão em flagrante de Wanderson Baldez suspeito de ter participado do latrocínio do delegado David Farias Aragão (36), fato ocorrido no bairro do Araçagy, em São José de Ribamar.

Já na segunda-feira (7) diligências desenvolvidas pela Polícia Civil conseguiram apreender no bairro da Divinéia, o adolescente suspeito de também ter participado do crime. Elucidando o caso, na sexta-feira (11), foi executada a prisão de Davi Castro Martins, apontado como o autor dos disparos que atingiram a vítima.

Na quinta-feira (10), a Polícia Militar por intermédio do 6ºBPM lograram êxito nas prisões de Natanael Pacheco, Gabriel Messias Gomes Caldas e José Ricardo de Castro, suspeitos de integrarem uma facção criminosa com atuação no bairro da Cidade Olímpica e de serem autores do disparo de arma de fogo que vitimou Nuciele Nádia de Brito Ferreira (10) na porta de uma igreja evangélica do bairro.

A Superintendência de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP) conseguiu na segunda-feira (7) ter sucesso no estado do Pará na prisão de Fernando Viegas “Fernandinho do Perfume”, acusado do homicídio do empresário e músico José de Jesus Meneses Júnior “J.J”, ocorrido em dezembro de 2017 em São Luís.

 

Crime Organizado

 No dia (9) a Polícia Civil por meio da Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) prendeu Clauton Barbosa Gonçalves, suspeito de liderar uma organização especializada em ataques a carros fortes no interior do Maranhão. Com ele foi apreendido um verdadeiro arsenal composto de fuzis, espingardas, pistolas, munições e um fuzil calibre (.50) avaliado em 400 mil reais. A prisão ocorreu na cidade de Santa Luzia do Tide.

 

Combate ao Tráfico de Drogas

Nas primeiras horas desta terça-feira (15), a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC), conseguiu prender no município de Raposa, Paulo Clemilton Silva Lima (46), suspeito pelo crime de tráfico de drogas. Com ele foram apreendidos cerca de 280 quilos de maconha prensada.

 

Para a pasta da segurança pública, o Maranhão tem evoluído muito em suas ações voltadas à segurança. Principalmente, a atuação integrada das forças com auxílio dos seus serviços de inteligência com um processo específico que gera informação e conhecimento para alimentar a estratégia do setor de combate à criminalidade. Uma coisa é visível, a repressão é forte no Maranhão.