Denúncias anônimas de crimes passaram de 21 mil na região metropolitana de São Luís em 2017

Imagine a seguinte situação. Você descobre que seu vizinho é um criminoso de alta periculosidade, foragido da justiça e, além de tudo isso, amigo de seus familiares e amigos bem próximos a você. Sendo assim, você decide denunciar a localização do criminoso, mas será que faria isso se tivesse que se identificar?  É nesse momento que surge a delação anônima, uma eficiente ferramenta a serviço da sociedade. Importância que se evidência na criação e implementação, cada vez maior, na finalidade do Disque Denúncias do Maranhão.

Sendo assim, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão implantou o serviço do Disque Denúncia especializado em auxiliar o combate aos crimes contra a segurança pública e contra todas as esferas do meio social. O setor trabalha recebendo as informações que são analisadas e encaminhadas aos órgãos competentes direcionados a cada situação especifica.

Os relatos que chegam pelo serviço 190 do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS) e no Disque Denúncia estão sendo fundamentais na execução de prisões de criminosos, apreensões de drogas, armas, na elucidação de crimes, a exemplo homicídios, latrocínios e estupros.

Em 2017, foram contabilizadas 21.985 denúncias anônimas em toda região metropolitana de São Luís, incluindo os municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Outro destaque, foi o aumento nos números de denúncias de tráfico de entorpecentes que em 2016 chegou a 38 %, já em 2017 o número passou para 49%. Desse total, apenas a capital maranhense 79% das denúncias.

No ranking das denúncias em 2017 ainda estão maus tratos (5%), barulho (4%), localização de foragidos, roubo e furto, violência contra o idoso, homicídio consumado, maus tratos contra animais (3%), estelionato (2%) e outros crimes (23%).

Com apoio da sociedade, as polícias desencadeiam ações baseadas em denúncias anônimas que são apuradas. A toda denúncia que chega na central é dado um encaminhamento sigiloso. A população pode confiar, ter paciência e insistir nas denúncias, pois o sigilo do denunciante é garantido pelo setor do Disque Denúncia do Maranhão.

Anselmo Oliveira – ASCOM/SSP