Preso suspeitos de latrocínio em São Luís

A Polícia Civil do Maranhão, através do Departamento de Proteção à Pessoa (DDP), da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), realizou na tarde desta quarta-feira (28), a prisão de Maxuel dos Santos Silva, acusado de ter cometido um latrocínio que vitimou Adilson Ribamar Nassar Costa.

Segundo as primeiras informações repassadas pelo delegado Augusto Barros, durante a operação foram presos Maxuel do Santos Silva e conduzidos até a delegacia para prestar esclarecimentos também os supostos comparsas do acusado, Bruno de Jesus Vilar de Moraes e um menor de iniciais C.R.V.V. A polícia informou ainda que os mesmos confessaram sua participação no crime.

O delegado informou que BRUNO já era interno do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, mas foi beneficiado pela saída temporária de Natal em dezembro de 2015, e não retornou ao cárcere na data determinada, permanecendo foragido.

A operação foi comandada pela Delegada Viviane Azambuja, sob a supervisão do superintendente Augusto Barros.

Relembre o caso

Na manhã desta quarta-feira (06), um homem foi encontrado morto dentro de sua residência, localizada no bairro da Vila Palmeira em São Luís.

A polícia acredita que Adilson Ribamar Costa, de 53 anos, pode ter sido assassinado.

                         Isadora Fonseca
                           Ascom/SSP