Membro de facção criminosa é preso pela Polícia Civil em Bacabeira

No final do ano passado, a Polícia Civil, atendendo um apelo da sociedade, bem como a nova diretriz da Secretaria de Segurança Pública-SSP e, principalmente, da Superintendência de Policia Civil do Interior, que conta também com o apoio da Policia Militar, intensificou as ações dessas forças no município de Bacabeira, a fim de combater não apenas o tráfico de drogas, mas também assaltos e roubos cometidos por delinquentes que utilizavam motocicletas como meio de fuga. Com essa rogativa, foi fechado o cerco em relação aos veículos irregulares com diversas apreensões de veículos roubados e prisões em flagrante.

Em uma barreira rotativa montada pelo Delegado Regional de Bacabeira Marcio de Moraes e sua equipe, foi detido um indivíduo conhecido como Luan Pereira, de posse de um automóvel roubado, conforme informações repassadas pelo Ciops. Ao perceber a desconfiança dos policiais, o indivíduo empreendeu fuga para o povoado denominado Santa Quitéria, sendo perseguido e preso. Além da moto roubada, já restituída a seu proprietário, residente em São Luís, foi encontrada com Luan Pereira uma pistola 9mm.

O delegado Marcio de Moraes abriu uma linha de investigação e constatou que Luan tem envolvimento em 3 crimes ocorridos em São Luís, sendo um homicídio, este com acompanhamento da 2° Vara do Tribunal do Júri, pelo qual tem um mandado de prisão preventiva, 1 homicídio tentado e responde ainda por porte ilegal de arma de fogo, crime assistido pela 3° vara criminal da capital.

Existe contra Luan Pereira a suposição, de que esteja envolvido com alguns homicídios que vem acontecendo na cidade de Rosário há alguns meses, onde pessoas possivelmente ligadas ao tráfico de drogas estariam sendo assassinadas com características típicas de execução, crimes cometidos com pistola 9mm.

A Polícia Civil, através do delegado Almir Macedo, constituinte na delegacia do São Francisco, informou da periculosidade do indiciado, inclusive da sua envoltura como possível executor de homicídios de uma facção criminosa, o que veio a se confirmar através de informações colhidas no presidio São Luís.

“Conseguimos prender, nessa operação, uma pessoa altamente perigosa e que precisa ficar definitivamente recolhida, para que a sociedade viva tranquilamente”, afirmou Marcio Moraes.

Luan Pereira foi autuado em flagrante pelo porte ilegal de arma de uso restrito e  receptação dolosa por ter sido encontrado com veículo roubado.

                              

  Carolina Gomes/ASCOM SSP