SSP apresenta assaltantes de ônibus do Alto do Turu

(Foto: Mylla Moreira)

A Secretaria de Segurança Pública constituiu na tarde de ontem (15) uma coletiva para apresentar Joina Cristina, de 19 anos, presa pela Policia Civil, em sua residência no Parque Jair, pela pratica de assalto ao ônibus  no Alto do Turu, na última quarta-feira (13). Além da apreensão de um adolescente de 16 anos, apresentado na Delegacia do Adolescente Infrator (DAI). Ainda está foragido um terceiro adolescente com iniciais T.S., de 17 anos que, segundo testemunhas, durante o assalto, teria ameaçado atirar em todos, o que levou Marcileia Furtado, 34 anos, assustada à saltar do ônibus, resultando em sua morte precoce.

DSC_0350
(Foto: Mylla Moreira)

A mesa foi composta pelo Delegado Geral da SSP, Lawrence  Melo, a Delegada Adjunta da SSP, Adriana  Amarante, o Delegado Adjunto da Superintendência da Policia Civil da Capital (SPCC), Rodson Almeida e o Delegado da Força Tarefa, Fernando Guedes, que se dispuseram a dar uma resposta significativa ao caso recorrente, prestando esclarecimentos sobre o caso.

Equipes da Policia Civil em ação conjunta com a Polícia Militar de forma enérgica, ao tomarem conhecimento do fato, deslocaram-se reunindo todos os tipos de provas cabíveis, procedendo imediatamente as investigações pela SPCC, tendo à frente os delegados Elson Ramos, Rodson Almeida e Arthur Benazzi, diligenciando suas equipes. Assim, foi possível a identificação e prisão dessas pessoas. “Portanto, estamos ainda trabalhando no sentido de identificar os outros comparsas”, frisou Rodson Almeida.

Na ocasião, o delegado Fernando Guedes, apresentou Anderson Antony envolvido com práticas de assalto a ônibus na capital, que foi preso na tarde de ontem (15) pela Força Tarefa, que compõe a delegacia de roubos e furtos (DRF), criada no mês de novembro do ano passado, para dar prioridade no combate a esta modalidade criminosa. Força esta responsável pela concentração de todas as investigações aos crimes de roubos em coletivos.

O delegado geral Lawrence Melo, mencionou ainda o caso Juliana que, ao sair de casa para comprar um galeto, desapareceu, sendo encontrada horas depois e entregue aos familiares. Quanto a esse caso as investigações estão em andamento. A criança foi submetida à assistência psicológica. “Obtivemos informações sobre o suspeito e acreditamos que no decorrer dos próximos dias, ele poderá ser identificado,
localizado e preso”, afirmou Lawrence Melo.

Referentes a todos os assuntos abordados, a SSP tem priorizado, em inibir o crime na região, As forças policiais do estado tem agido com positividade, para dar mais tranquilidade à população.
Joina Cristina após a apresentação, foi encaminhada para a delegacia de roubos e furtos (DRF).

Por Carolina Gomes/ ASCOM SSP