Polícia Militar forma turma que atuará no combate aos assaltos a instituições financeiras

Mais uma turma do Curso de Operações e Sobrevivência em Áreas Rurais (Cosar) foi formada para atuar no combate a ações criminosas em todo estado, como assaltos a bancos e explosões de caixas eletrônicos. A solenidade de formatura ocorreu, nesta terça-feira (12), no quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), no Calhau, em São Luís.

Os policiais que concluíram o Cosar receberam capacitação durante 40 dias. Ao todo 16 profissionais de segurança pública concluíram a capacitação, sendo 15 do Maranhão (14 policiais militares e um civil). Eles reforçarão as rondas ostensivas com base em mapeamento de demandas. Um policial militar do Piauí também participou do curso.

Esta é a segunda edição do Cosar. A primeira, realizada em abril de 2015, formou 22 policiais, sendo cinco do Piauí. “O Cosar faz parte de um projeto do Sistema de Segurança Pública do governo Flávio Dino com o objetivo de combater, de forma objetiva, clara e técnica os grupos criminosos que tem como modalidade de crime ações contra instituições financeiras em áreas rurais e urbanas”, afirmou comandante geral da PMMA, coronel Marco Antônio Alves.

O comandante geral destacou que o Governo do Estado está desenvolvendo diversas ações de inteligência que resultarão na identificação e prisão desses criminosos. Ele informou que ocorrerão outras duas turmas do Cosar este ano.

Foto 2 - Polícia Militar forma mais uma turma para atuar no combate aos assaltos a bancos

O coronel Marco Antônio Alves lembrou o projeto de criação de bases do Cosar em três pontos estratégicos do interior estado, nas regiões Tocantina e Baixada Maranhense e o terceiro no município de Presidente Dutra. Estes locais, informa o coronel, coincidem com os de instalação de bases do Centro Tático Aéreo do Maranhão (CTA). “Isso proporcionará suporte no enfrentamento e pronta resposta diante das intervenções de grupos criminosos”, garantiu o coronel Alves.

No período de aprendizado, os policiais receberam instrução de Operações Ribeiras, nas quais aprenderam a pilotar embarcações. Eles tiveram aulas de rapel e tirolesa, tiro tático, Combate de Ambiente Confinado (SQB), técnica de abordagem, tiro pessoal, ações antibomba, operações policiais especiais, invasões táticas com explosivos, primeiros socorros, patrulha e antiterrorismo. As aulas aconteceram nos municípios de Estreito, Carolina, Imperatriz e em São Luís.

“Um dos pontos trabalhados com mais ênfase, durante a capacitação, foi o de patrulha que envolve a perseguição de criminosos em área de selva. Os policiais tiveram acesso a técnicas de rastreamento, com base em análise de pegadas, fogueiras e vestígios”, explicou o comandante do Policiamento Especializado e coordenador do curso, coronel Frederico Pereira.

Foto 1 - Polícia Militar forma mais uma turma para atuar no combate aos assaltos a bancos

Novos armamentos

Aliado à qualificação, o Governo do estado tem investido na aquisição de armamento especial, recomposição de efetivo, entre outras ações a fim de barrar este tipo de prática criminosa. Estão sendo adquiridas mais 300 novas viaturas que vêm equipadas com a mais modernas tecnologias e 100 novas motocicletas.

Presentes a cerimônia de formatura, o diretor de Ensino da PMMA, coronel Antônio Roberto dos Santos Silva; o pró-reitor de Extensão e Assuntos Estudantis da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Porfírio Guerra, além de coronéis, familiares e praças da PMMA e representantes do Exército.