Batalhão de Choque da PMMA comemora saldo positivo das operações de fim de ano

A Secretaria de Segurança Pública, por meio do Batalhão de Policiamento Choque da Polícia Militar do Maranhão – tropa ligada à Companhia de Policiamento Especializado -, realizou, durante as festividades de fim de ano, operações pontuais em toda a capital, visando combater crimes recorrentes no período.

Através de um planejamento preliminar estratégico, baseado nas necessidades da época e em estatísticas do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), o Batalhão de Choque realizou patrulhamento tático-urbano em áreas consideradas de risco, segundo índices consultados. Foram priorizados regiões com grande concentração comercial, durante a data natalina, e locais de grande concentração de pessoas, durante o réveillon. Neste último, foram realizadas, especialmente, apoio às unidades de área, com barreiras e buscas pessoais – com o intuito de evitar a entrada no evento de objetos que infringissem à segurança.

O Batalhão de Choque tem como missão primordial a atuação em crimes alta complexidade. Contudo, como atuação secundária, reforça a segurança em grandes eventos, como natal, competições esportivas, carnaval, entre outros. Além de realizar, diariamente, patrulhamentos em bairros com maiores taxas de ocorrências, a fim de reprimir e diminuir esses indicadores.

Para o tenente coronel Wellington Araújo, comandante do Batalhão, o saldo do das operações foi positivo. Durante o mês de dezembro foram apreendidas 13 armas de fogo, 17 pessoas presas em flagrante e 66 conduções ao distrito policial. “Nossos resultados só são alcançados por causa do compromisso que os policiais têm. Além de constantes instruções e palestras que mostram a necessidade e a importância deles na sociedade”, destacou.

Atualmente, 150 policiais compõem o efetivo do Choque, divididos em Esquadrão Águia (Policiamento em motocicletas), canil (cães farejadores utilizados no combate ao tráfico de drogas) e o serviço de inteligência (Planejamento estratégico).

Fernando Costa / Ascom SSP