CPE forma turmas da Companhia de Operações e Sobrevivência em Área Rural

A Secretaria de Segurança Pública, através Comando de Policiamento Especializado (CPE), realizou, em 2015, a formação de duas turmas do Curso de Operações e Sobrevivência em Área Rural, como parte do processo de capacitação do sistema de segurança pública com o objetivo de dar suporte à polícia, qualificar policiais e contribuir na formação da Companhia de Operações e Sobrevivência em Área Rural (Cosar).

Os formandos serão referência no planejamento estratégico e no combate à criminalidade em áreas de selva, com ações táticas direcionadas à repressão a assaltos a instituições financeiras, como bancos e lotéricas, na atuação contra crimes de alta complexidade e na segurança das rodovias que cortam o Maranhão.

Os concluintes do curso tiveram aulas ministradas pelo 50º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), localizado na cidade de Imperatriz (MA), práticas e teóricas, como: tiro tático, combate em ambiente confinado, técnicas de abordagem, tiro pessoal, ações antibomba, invasões táticas com explosivos, antiterrorismo, entre outras. Todas sob a supervisão do comandante de policiamento especializado, Coronel José Frederico Gomes Pereira.

O Comando de Policiamento Especializado (CPE) qualifica constantemente seu quadro de policiais com cursos específicos nas mais diversas áreas, com o intuito de mantê-los em constante reciclagem profissional. Atualmente, o CPE é formado por 7 tropas: Companhia Rodoviária, Batalhão Ambiental, Esquadrão de Polícia Montada, Ronda Ostensiva Tático Móvel (ROTAM), Companhia de Operações Especiais (COE), Batalhão de Choque e – a ainda em formação – Companhia de Operações e Sobrevivência em Área Rural (Cosar).

“O suporte ao Comando Geral é feito com várias operações, como, por exemplo, as operações ‘Tornando em Choque’ e ‘CPE Integrada’ – onde atuamos com todas as tropas em um determinado bairro e reduzimos consideravelmente os crimes da região. Além das operações especiais, atuaremos de maneira ostensiva no combate a assaltos a banco, no interior do Estado, com a Companhia de Operações e Sobrevivência em Área Rural (Cosar). A companhia está em formação. A previsão é que inicie suas atividades a partir de janeiro”, destaca o Coronel José Frederico Gomes Pereira.

 

Fernando Costa/ASCOM SSP