Quarto Curso de Ações Táticas Especiais do Píaui realiza módulo aéreo no CTA do Maranhão

Com treinamento no módulo aéreo, ajuste de instruções de salvamento aquático com aeronave e deslocamento com mais agilidade, o Quarto Curso de Ações Táticas Especiais do Piauí foi realizado dos dias 14 a 16 no Comando Geral da Polícia Militar, mais precisamente no Centro Tático Aéreo, acrescentando alunos altíssimos níveis de credenciamento.

O chefe de base do CTA, formado em MMA (mecânica de manutenção aeronáutica), pela Marinha Brasileira, Serrão Mendes, explanou a utilidade de uma das aeronaves, para melhor compreensão dos alunos. “A esquilo B2 hoje é a aeronave mais empregada em operações policiais, devido à razão de potência, podendo decolar com duas horas e meia de autonomia para operar, é bastante versátil e tem manutenção simplificada. É a aeronave que as forças policiais mais usam”, enfatizou.

2

O registro do quarto curso aponta 85 inscrições em todo território brasileiro e somente 19 estão finalizando, tendo participações dos estados de Pernambuco, Amapá, Tocantins, Amazonas, Piauí e Maranhão. Destaque para o maranhense Marcelo Serpa, aluno 10, evidenciando seu comprometimento. “A satisfação é grande, pois buscamos excelência, conhecimento e melhorar sempre, e se destacar entre os irmãos de farda neste curso que não são pessoas abaixo da média e sim acima da média. Isso enriquece, motiva ainda mais a busca pelo melhor. Sinto-me privilegiado por ser escolhido pela coordenação do módulo aéreo, o “aluno destaque”, confidenciou o Tenente Marcelo Serpa.

3

A finalidade deste módulo é capacitar policiais na operação do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) do estado do Piauí, para atuar nas mais diferentes situações de altíssimo risco à vida e de grave perturbação da ordem pública. É importante salientar que a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, através do CTA, tem um acordo operacional com a Secretaria de Segurança do Piauí, que vem acrescendo a versatilidade, pois o uso de aeronave possibilita agilidade, rapidez e o acesso a esses elementos são indispensáveis na segurança pública e ordem do estado. O CTA contabiliza uma vasta experiência alinhada ao GTA (grupo tático aéreo) do Maranhão, agregando valores e conhecimento aos demais.

4

“O Centro Tático Aéreo do Maranhão é multimissão, ou seja, opera todo tipo de missão de segurança pública. É composto pela Policia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiro Militar, e por ser atividade integrada às demais instituições nos procuram para adquirir conhecimentos. Aqui no Maranhão se encontra toda operação de combate: policia, reeducação, resgate aéreo médico de enfermos”, ensinou o Comandante do CTA e Subcomandante da Policia Militar do Maranhão, Coronel Ismael de Souza Fonseca.

O Quarto Curso de Ações Táticas Especiais 2015/2, recebeu instruções em nível aéreo e como operar em diversas situações, o que enriqueceu ainda mais o compromisso com a segurança pública. Terá sua formação no Piauí, dia 23 de dezembro de 2015.

Carolina Gomes / Ascom SSP