Polícia Técnica ministra curso de identificação documental e veicular

A Secretaria de Segurança Pública, por meio da Superintendência de Polícia Técnica Científica (SPTC), buscando orientar e requalificar os profissionais da Circunscrição Regional de Trânsito, (Ciretran) de Timon, iniciou, nesta segunda-feira (2), um curso voltado para a área pericial daquele instituto. O curso oferecido conta com a participação do Perito Criminal e diretor do Instituto de Criminalística de Timon, o Dr. João Paulo Pierot, tem carga horária de aproximadamente 40hs e deve encerrar na sexta-feira (4).

O curso, realizado no Ciretran de Timon é o primeiro a ser ministrado no Maranhão, mas a meta é alcançar outros municípios maranhenses. Abordando questões de identificação veicular e identificação documental, tem por objetivo preparar os servidores do Ciretran de Timon no sentido de desempenharem satisfatoriamente os serviços ali oferecidos.

O Superintendente da SPTC, Miguel Neto, destacou que “O Curso ministrado visa evitar que fraudes sejam aplicadas e busca proteger o cidadão que adquire um veículo em uma negociação. São ensinados, na prática, como identificar as fraudes na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no Certificado de Registro do Veículo (CRV) e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

O superintendente ponderou, ainda, que “Na realidade, o curso faz parte de um projeto maior, pois por volta do mês de maio fomos convocados pelo Secretário de Segurança Jefferson Portela e pelo Delegado Geral, Augusto Barros, para participarmos de uma reunião com o Dr. Antônio Nunes, que é o Diretor Geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA). O objetivo do Detran é a capacitação de todos os servidores do Ciretran. Destaco, ainda, que ocorreu um concurso público no Detran e estes funcionários estão sendo nomeados e precisam desta capacitação”, informou Miguel Neto.

 Capacitação estendida para demais municípios

Miguel Neto disse também que a capacitação é destinada para todos os servidores da casa que trabalham na área de identificação e verificação de veículos e documentos. O curso foi iniciado em Timon, mas será estendido para todo o interior do Estado. A expectativa é que até o final do semestre possa ser ministrado em Imperatriz. Em São Luís já foi realizada uma visita técnica do Diretor do Instituto de Criminalística e dos especialistas na área de identificação documental e veicular, no sentido de  viabilizar a capacitação na capital.

Mauro Wagner – Ascom SSP