Jeferson Portela participa de evento visando a municipalização do trânsito na região tocantina

Durante visita à cidade de Imperatriz, na última segunda-feira (16), o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela participou de evento sobre a Municipalização do Trânsito nos Municípios da Região Tocantina. O evento, que teve como objetivo firmar parcerias com o DETRAN para municipalização e organização do transito nestes municípios, foi realizado no auditório do SETRAN e contou com representantes das Policia Militar, Civil, Ministério Público, taxistas e moto taxistas.

Estiveram presentes na solenidade o Secretário de Segurança Pública Jefferson Portela, o presidente do CETRAN/MA, Coronel Sá, o diretor geral do DETRAN/MA Antônio Jesus Leitão Nunes, o representante da SINFRA Francisco de Assis Peres Soares, os representantes do SETRAN de Imperatriz José Ribamar Alves Soares, e do SETRAN de Bacabal Ualacy Costa Chaves, além de sindicalistas e outras autoridades.

Municipalização de Transito na região

Depois de visita do secretário à Delegacia Regional de Imperatriz (DRI), foi iniciada, às 15h30, reunião com representantes e autoridades para a “Municipalização de Transito”. Oito municípios participaram do encontro no sentido de firmar parcerias com o DETRAN e desenvolver ações permanentes de educação para o transito, capacitação dos seus agentes e, ainda, incentivar as prefeituras vizinhas a se integrarem ao sistema nacional de transito.

Foram entregues cartilhas de orientação e discutidos os principais pontos da municipalização, como uma fiscalização mais eficiente para obter melhores resultados na educação para o transito.

De acordo com o diretor do DETRAN, Antônio Jesus Leitão Nunes, o Maranhão gastou cerca de um bilhão de reais em 2013 somente com a internação de acidentados. Em relação ao resultado positivo alcançado durante as fiscalizações, ele revelou que o DETRAN já repassou esse ano R$ 11 milhões para 17 municípios que firmaram parceria com o órgão para municipalização do transito.

Para o Secretário de Segurança, Jefferson Portela, os municípios devem regulamentar e regular o transito, tantas são as condutas antissociais que causam um grande número de acidentes com vítimas fatais. “É importante compartilhar a gestão pública do transito”, enfatizou.

Isadora Fonseca/ Ascom SSP