Conselhos Comunitários em Reformulação Reúnem-se na SSP

Foto: Nilson Figueiredo

Por Mauro Wagner / Ascom SSP

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) realizou na manhã desta quarta-feira (23), por volta das 9h, no auditório Leofredo Ramos, uma reunião no sentido de reestruturar os Conselhos Comunitários, que hoje se apresenta com uma nova roupagem, recebendo a designação de Conselhos Comunitários de Defesa Social. O evento contou com a presença do secretário de Segurança Pública Jefferson Portela, do deputado Júnior Verde do (PRB), dos quatros Supervisores de Áreas Integradas de Segurança Pública e participante da comunidade da região metropolitana de São Luís.

Os Conselheiros Comunitários de Defesa Social que participaram do processo de sensibilização, mobilização e capacitação, os quais iniciaram reuniões desde janeiro de 2015, na SSP, reuniram-se no auditório, no sentido de reestruturar os Conselhos Comunitários.

Os conselhos são independentes, sem fins lucrativos e tem por objetivo congregar e mobilizar as forças da comunidade para discussão de problemas envolvendo a segurança pública na comunidade. Os Conselhos Comunitários são de caráter consultivo e podem ser constituídos por município, bairro ou comunidade. Participaram do evento ainda, o Delegado Geral da Polícia Civil Augusto Barros, a Superintendente de Polícia Civil da Capital (SPCC), Francisca Adriana Amarante, os Supervisores de Áreas Integradas de Segurança Pública, o Del. Rodson Almeida (Beira Mar), Del. Sobrinho (Área Itaqui Bacanga), Del. Damasceno (Turu) e o Del. Pedro Adriano (Maiobão) do presidente da Ong Libertas Marcos Aurélio Santos e demais representantes da comunidade.

Nova Estruturação dos Conselhos Comunitários

A reunião na SSP coordenada pela Unidade de Desenvolvimento de Articulação Institucional (UDAI) serviu como ponto de partida para a estruturação dos conselhos Comunitários. Foram repassadas orientações acerca da formação dos conselhos, inclusive da importância deles serem cobertos por uma lei que regulamente a ação dos mesmos, pois atualmente a SSP tem apenas editado Portarias e Resoluções para o funcionamento dos Conselhos Comunitários de Defesa Social.

DSC_9205
Foto: Nilson Figueiredo

 

O secretário de Segurança Pública Jefferson Portela disse na oportunidade que “Os conselhos comunitários precisam trabalhar de forma conjunta e participativa e inclusive na indicação de melhorias para os bairros. As dificuldades enfrentadas pelos bairros devem ser tratadas pelo Estado, mas de forma integrada com a comunidade, onde entra esta parceria com os conselhos de defesa social”, concluí-o. O Deputado Júnior Verde (PRB) ressaltou que “Acredita na força de integração dos conselhos e que eles tem a vontade de ajudara a resolver as problemáticas sociais.

A união entre os Conselheiros de Defesa Social e a Secretaria de Segurança Pública fortalecem esta interação e a possibilidade de estarmos acompanhando as ações efetivas do sistema nas comunidades. Essa união é essencial para a construção da segurança que nós queremos que é participativa, interativa e acima de tudo dando resposta ao aumento da densidade populacional e à reforma de política de investimentos sociais”, ponderou o deputado.

Já o representante da área do Anjo da Guarda Patrício de Jesus Ramos fomentou que “a reunião diz respeito ao fortalecimento dos conselhos e na perspectiva do novo governo, com a esperança do novo secretário de segurança Jefferson Portela, dar um novo corpo, uma nova estruturação para os conselhos comunitários, para que possa realmente cumprir o seu papel diante da sociedade e com o apoio de seguimento público”, conclui-o.

Dialogando a segurança pública

Segundo o Major Lemos da UDAI, um dos objetivos dos conselhos comunitários é integrar os bairros e realizar diálogos para a resolução dos mais diversos problemas enfrentados na comunidade, entre eles, o da segurança pública. Na ênfase, os Conselheiros Comunitários de Defesa Social são projetos oriundos do PRONASCI, incentivados pelo Governo do Estado, e ainda executados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. O Major Lemos disse ainda, que uma nova reunião está marcada para ocorrer no dia 20 de novembro, das 8h até ás 18h, com a temática ainda a ser discutida, mas objetivando a eleição para a formação dos Conselhos Comunitários.