Governo participa de curso da Adepol-MA que destaca combate à corrupção na administração pública

O combate à corrupção na Administração Pública foi um dos temas abordados durante o “Curso avançado de investigação no combate às organizações criminosas”, promovido pela Associação de Delegados de Polícia do Maranhão (Adepol-MA), no auditório da Assembleia Legislativa.

O curso, que teve início na quinta-feira (10) e encerrou nesta sexta-feira (11), teve como público alvo os delegados de Polícia da capital e do interior, membros da magistratura e do Ministério Público. O objetivo é uniformizar a atuação profissional no combate ao crime de corrupção na Gestão Pública e das organizações criminosas, além de facilitar a integração dos profissionais envolvidos na responsabilização criminal.

Participaram da abertura do evento, o anfitrião, presidente da Adepol/MA, Marconi Chaves Lima; os secretários de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela; de Transparência e Controle, Rodrigo Lago e o de Cultura, Felipe Camarão; o vice-presidente da Adepol/MA, Lucas da Costa Ribeiro; o presidente da Adepol do Brasil, Carlos Eduardo Jorge; o delegado-geral de Polícia Civil, Augusto Barros; entre outras autoridades.

Ao se pronunciar na abertura, o secretário de Transparência, Rodrigo Lago, destacou a importância do curso que visa maximizar a eficiência e os resultados das investigações, citando, como exemplo, a ‘Operação Cayenne’, que teve origem a partir de uma auditoria da STC, sendo prontamente acolhida por parte da Polícia Civil que deflagrou a operação.

“Existe no nosso Estado uma Polícia Civil atenta e combativa aos atos de corrupção. Muito mais valioso que combater o crime, é preveni-lo, o que só ocorre com o fim da impunidade. E no início desta caminhada estão os delegados que, com audácia e coragem, dão celeridade na elucidação dos casos”, disse Lago, que também agradeceu pela parceria entre o órgão de controle interno e a Polícia Civil.

“Estamos cumprindo com um papel fundamental na garantia da legalidade e da justiça, e este curso reafirma a liberdade de agir e combater a corrupção”, frisou o presidente da Adepol/MA, Marconi Chaves Lima.

O Curso faz parte da programação de 32 anos de fundação da Adepol no Maranhão. As técnicas que possibilitam a detecção dos mecanismos de corrupção no Brasil foram ministradas pelos delegados de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo, Rodolfo Queiroz Laterza e Bruno Taufner Zanotti.