CORPO DE BOMBEIROS É ESCOLHIDO PARA INTEGRAR PARCERIA COM A GIGANTE FURNAS

O 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, sediado na cidade de Balsas, sob o comando do capitão Willys Pablo Leite do Nascimento foi escolhido para integrar um projeto “Furnas Educa”, desenvolvido em todo o País pela empresa Furnas, subsidiária da Eletrobrás e vinculada ao Ministério de Minas e Energia, dedicada a geração e transmissão de energia elétrica.
A primeira edição do projeto, que tem como objetivo a conscientização de Crianças quanto à economia de energia e a prevenção a queimadas – foi realizada entre os dias 24 e 27 do mês em curso. Além do CBMMA, a Prefeitura do município também irá fazer parte do projeto, que tem como tema “Prevenção a Incêndios Florestais”.

O projeto, que tem como público alvo os alunos da rede municipal de ensino, será desenvolvido de forma intercalada durante o ano todo. “ Nesse contexto a presença do Corpo de Bombeiros é vital, tendo em vista que a atividade preventiva é essencial ao nosso trabalho”, disse o comandante;
“Sem contar, ainda, que o público alvo é ideal, haja vista que a criança é excelente disseminador de informação, pois atingem os pais, tios, amigos próximos à residência e não tem cautela ao cobrar o que foi ensinado”, finalizou o coronel Roberto.

O capitão Willys explicou que nessa primeira etapa, a cidade de Balsas foi a única escolhida no Maranhão em razão do grande número de incêndios florestais. “Através da apresentação de palestras e atividades dinâmicas conseguimos alcançar o nosso objetivo”, disse o capitão que esteve pessoalmente coordenando todo o trabalho.

Furnas

Furnas nasceu com o desafio de sanar a crise energética que ameaçava o país na década de 50. A Usina de Furnas foi a primeira hidrelétrica de grande porte do Brasil, com capacidade de 1.216 MW, implantada no rio Grande (MG) em 1958. Em 1963, através do Decreto Federal nº 41.066, a empresa Central Elétrica de Furnas começou a funcionar efetivamente, em Passos (MG).

Com sede no bairro Botafogo, zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, Furnas possui empreendimentos no Distrito Federal e nos estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Espírito Santo, Tocantins, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia, São Paulo, Rio Grande do Norte e, mais recentemente, no Ceará.
O sistema de Furnas conta hoje com 17 usinas hidrelétricas, duas termelétricas, três parques eólicos, aproximadamente 24 mil quilômetros de linhas de transmissão e 62 subestações. Empreendimentos construídos com recursos próprios e em parceria com outras empresas. Mais de 40% da energia consumida no Brasil passa por esse sistema, que utiliza a força da água para gerar 95% de sua energia através das hidrelétricas.

A empresa garante o fornecimento de energia para locais onde estão situados 63% dos domicílios brasileiros, que respondem por 81% do PIB nacional.