POLÍCIA CIVIL REALIZA PRISÃO DE INTEGRANTE DE FACÇÃO CRIMINOSA DA CAPITAL

Foi apresentado em coletiva na tarde desta quinta-feira (17), pela Polícia Civil do Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO), nas dependências da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), Rafael da Silva Pinto, conhecido como ‘Pipoca’, de 25 anos.

Segundo titular do DCCO, delegado Carlos Alessandro, coordenador da ação, ‘Pipoca’ é suspeito, de participar da tentativa de latrocínio ocorrida na noite de ontem contra um sargento da PM, no bairro do Bequimão. Na ocasião, houve uma intensa troca de tiros onde ‘Pipoca’ foi alvejado na perna.

No momento da operação, que contou com apoio do delegado Valdenor Viegas e das equipes do Departamento de Defesa dos Serviços de Delegados (DDSD) e o Grupo de Resposta Tática (GRT), o suspeito foi preso em sua residência localizada na Vila Conceição, Altos do Calhau. Na oportunidade, foi apreendido em poder dele uma balaclava, um colete da Empresa Potencial, relógios, bolsas, celulares e um veículo modelo Corsa Sedan de cor prata usado na tentativa contra o sargento.

Ainda de acordo com o delegado Carlos Alessandro, Rafael da Silva integra uma facção criminosa que tinha como líder o bando liderado porJheyson Pereira da Silva, conhecido como “Diego” ou “Amarelinho”, apontado como autor de pelo menos 10 homicídios na região metropolitana de São Luís e responsável pelo abastecimento de entorpecentes na capital maranhense. Ele foi preso no mês passado numa operação desencadeada pela Polícia Civil por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) da capital.

Rafael da Silva Pinto foi apresentado nas dependências da Seic, onde foi constatado pela polícia que ele já responde pelo crime de tráfico e assalto, ele também foi autuado pelo crime de tentativa de latrocínio.