POLÍCIA PRENDE SUSPEITOS DE ASSALTOS EM MUNICÍPIOS MARANHENSES

Uma ação desenvolvida pelo Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e ainda com a Polícia Militar, culminou na prisão de dois suspeitos por envolvimento a assaltos a bancos em municípios maranhenses. A prisão da dupla aconteceu nesta segunda-feira (25), no interior de uma residência, onde foi apreendida também cerca de 120 bananas de dinamites, uma metralhadora, uma escopeta calibre 12 e ainda diversas munições.

Em coletiva realizada na Seic, o delegado Tiago Bardal que responde pelo Departamento de Combate a Roubo e Instituições Financeiras (DCRIF), explicou que a operação obteve êxito por causa do trabalho integrado entre as polícias, resultando na prisão de Fernando Machado Vasconcelos, 29 anos, conhecido como “Geléia” e Antônio Anderson Miranda de Araújo, 29 anos, conhecido como “Din”. O delegado ressaltou que a dupla estava sendo investigada a alguns dias e que eles seriam partícipe da mesma quadrilha onde foi preso na semana passada, outro suspeito conhecido como “Palhaço”, que também estava envolvido na mesma modalidade criminal.

Ações criminosas contra agências bancárias

O delegado Carlos Alexandro, que integra a equipe da DECRIF e esteve na operação, adiantou que os suspeitos vinham agindo praticando os arrombamentos, usando os explosivos. Ele disse que o Fernando Vasconcelos, o ‘Geleia’, teria dois mandados de prisão em aberto por assaltos a bancos no Maranhão e que, entre essas ações, estão os bancos do Bradesco de Joselândia e o do Banco do Brasil de Santo Antônio dos Lopes. Durante a prisão, o ‘Geleia’ teria apresentado uma identidade falsa. Já o Antônio Araújo, o ‘Din’, é foragido do Piauí e tem uma condenação de 19 anos de reclusão por homicídio.

Apreensão de armas e explosivos

O delegado Carlos Alexandro explicou também que no momento da prisão, não houve reação, pois os policiais agiram de forma rápida, impedindo qualquer ação dos suspeitos. Na revista ao local foram encontradas122 bananas de dinamite, uma metralhadora das Forças Aéreas Brasileiras (FAB), de calibre 45; 01 Escopeta Calibre 12; 04 coletes balísticos da empresa Cefor e da Polícia do Pará. Foram apreendidas, ainda, 04 munições da metralhadora de calibre 45; 15 munições da escopeta de calibre 12; 02 pentes da metralhadora e 12 munições de calibre 0.40.

Mauro Wagner/ ASCOM SSP